terça-feira, 25 de outubro de 2011

Pop Tarts de Cheesecake



Olás pessoas!
Quando eu era pequeno, com uns 7 anos, o modo mais eficiente de causar invejinha nos coleguinhas da escola era alguém dizer "meu pai foi pra Ribeirão Preto hoje e vai me trazer um lanche do McDonald's!". E no dia seguinte aparecer, triunfante, com o brinquedinho que vinha com o lanche, que era passado de mão em mão até todo mundo ficar com água na boca. Tinha criança que até levava o lanchinho amanhecido, na caixinha, para fazer uma graça na hora do recreio.
As coisas mudaram e hoje em dia o legal é dizer "McDonald's?! Não gosto, nunca gostei, nunca vou gostar! Olha como sou saudável!".
Bem, de vez em quando eu como o sanduíche do palhaço com batata e suco e gosto, não vou mentir. Gosto mesmo. E em uma dessas visitas à lanchonete de paredes de plástico com cara de madeira, me deparei com as Tortinhas de Cheesecake, que achei tão gostosas quanto caras. E é a versão caseira delas que resolvi preparar.
E claro, a versão caseira é mais barata e bem mais gostosa, ainda mais quando recheada de geléia de framboesas feita em casa, como a que utilizei, e uma boa camada de cream cheese. Ah, e são incrivelmente fáceis de fazer. Baba mesmo, qualquer um consegue! E dá até para congelar e assar na hora, porque são melhores ainda quentinhas, né? Então que tal fazer um estoque dessas, se você conseguir não comer todas de uma vez? E ainda você vai poder se gabar: "McDonald's? Não vou! Faço em casa uma tortinha muuuito melhor que a deles, sabe?" ;)



Pop Tarts de Cheesecake
[rende 10 tortinhas médias]

Ingredientes da massa:
2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo;
1 colher de chá de sal;
1 colher de sopa de açúcar;
1 xícara de manteiga gelada em cubinhos;
1 gema;
4 ou 5 colheres de sopa de leite gelado;
Farinha de trigo para polvilhar.

Para o recheio e acabamento:
1 potinho de 150g de cream cheese de boa qualidade;
1 xícara de geléia de framboesas - se for feita em casa, melhor ainda!
1 ovo batido, para pincelar;
Açúcar cristal, para polvilhar.

Preparo:
Em uma tigela grande, misture farinha, açúcar e sal. Adicione a manteiga gelada picada e amasse, com as pontas dos dedos, até formar uma farofinha. Adicione a gema e o leite, às colheradas, amassando rapidamente, até formar uma bola. Embrulhe essa bola em plástico filme e leve à geladeira por 20 minutos.
Unte e enfarinhe uma assadeira grande.
Preaqueça o forno a 200 graus.
Divida a massa em 10 bolinhas [pode ser 8, se você quiser tortinhas maiores]. Em uma superfície limpa  e seca, polvilhe um pouco de farinha e com o rolo abra uma bolinha, formando um retângulo de 10cm por 16cm. Pincele água nas beiradas, como se fosse massa de pastel, e recheie com uma camada generosa de cream cheese e uma boa colherada de geléia por cima. Dobre a massa ao meio sobre o recheio, no sentido do comprimento, e aperte as laterais com um garfo. Corte as rebarbas com uma faca afiada e passe a tortinha para a assadeira preparada. Repita esse procedimento para todas as bolinhas de massa.
Pincele cada tortinha com o ovo batido. Faça 2 pesquenos cortes na superfície de cada uma, e polvilhe açúcar cristal.
Leve para assar por cerca de 15 minutos, até dourar.
Deixe esfriar sobre uma grade e saboreie ainda morninhas!



sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Bolo de Frutas Silvestres e Creme


Olás!
No começo do mês, em um momento de consumismo desenfreado [e quem não tem desses momentos, né? Ainda mais em começo de mês], comprei um quilo de framboesas congeladas. Comprei de puro impulso, sem ter a mínima idéia de o quê fazer com elas, até que ontem resolvi aproveitar uma folga do trabalho e cozinhar geléia. Mas, folheando meus livros de receita, achei um bolo diferente, esquisito mesmo, e fiquei com vontade de testar.  Esquisito porque a massa, que parecia estranha nas proporções de ingredientes, recebia uma camada de frutas e uma de algo parecido com creme inglês por cima, e ia tudo junto para o forno, por quase uma hora. Parecia meio arriscado usar parte das minhas preciosas framboesas [e os mirtilos!] nele, mas a foto do livro me convenceu. 
É preciso dizer que o preparo desse bolo é um festival de contraste de cores e texturas - me diverti fotografando! Além disso, o aroma de baunilha que se espalha enquanto está no forno é simplesmente viciante - levei o notebook pra cozinha e fiquei lá enquanto assava! Sobre o bolo, é quase uma torta: a massa fica macia, porém mais seca que a de um bolo comum. As frutas viram uma geléia vermelha e ácida, que é completada pela doçura do creme de baunilha com a superfície douradinha. 
Uma sobremesa surpreendente, rápida e especial. E para quem não gosta ou encontra as frutas silvestres, desconfio que com pêssego também deve ficar muito bom! Bom fim de semana!




Bolo de Frutas Silvestres e Creme
[Berry Cake, do livro Cake Bible]

Ingredientes:
1 xícara de farinha de trigo;
100g de manteiga derretida;
1 ovo;
1/2 xícara de açúcar;
1 e 1/2 colheres de sopa de fermento em pó;
1 colher de chá de extrato de baunilha;

3 xícaras de amoras, mirtilos, framboesas, congeladas ou frescas [usei 1 e 1/2 xícaras de framboesa congelada, 1 xícara de mirtilos frescos e 1/2 xícara de morangos frescos picados].

Para o creme:
2 xícaras de sour cream*;
1/2 xícara de açúcar;
2 colheres de sopa de pó para creme custard [podemos trocar por amido de milho, aqui no Brasil, onde não há pó custard]**;
2 gemas;
1 colher de chá de extrato de baunilha [usei sementes de 1/3 de uma fava de baunilha].

Preparo:
Preaqueça o forno a 180 graus.
Unte e enfarinhe uma fôrma redonda de 23cm de diâmetro [usar uma de fundo falso é essencial].
Bata todos os ingredientes do bolo, exceto as frutas. Resultará em uma massa pesada, semelhante à textura de massa choux crua. 
Forre o fundo da fôrma preparada com essa massa e por cima distribua as frutas.
Bata os ingredientes do creme e despeje, com cuidado, por cima de tudo.
Leve para assar por cerca de 55 minutos. Se a superfície começar a dourar demais, proteja com papel alumínio.
Retire do forno, deixe esfriar completamente e leve á geladeira, para firmar o creme.
Sirva frio ou em temperatura ambiente.

*Para 2 xícaras de sour cream [creme azedo]: a 2 xícaras de creme de leite fresco adicione 2 colheres de sopa de suco de limão e deixe talhar, em temperatura ambiente, por meia hora. Conserve na geladeira até o momento de usar.

**O pó custard é um preparado à base de espessante, açúcar, aroma de baunilha e corantes, utilizado para engrossar cremes e mingaus. Como não encontramos dele por aqui, pode ser substituído por amido de milho, açúcar e extrato de baunilha. Nessa receita, que já leva baunilha e açúcar, adicionei apenas o amido para deixar o creme espesso.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Bolo de Cenoura super úmido


Quem nunca comeu bolo de cenoura levanta a mão! 
Bolo de cenoura deve ser um dos bolos mais feitos por avós, tias, vizinhas, madrinhas, e um dos mais fáceis de se fazer: bate tudo no liquidificador, leva aquela massa cor de cenoura viva pro forno e pronto. E depois, para completar, uma calda de chocolate por cima que, quando bem feita, fica quebradiça por fora e molinha por dentro. 
Ok, essa receita todo mundo sabe fazer, né? Então que tal um bolo de cenoura diferente? a receita de hoje, que vem do livro Cake Bible [presente de aniversário da minha amiga Lygia], rende um bolo dourado, cheio de pontinhos alaranjados e pedacinhos de noz e de coco. E o mais importante: úmido, muito úmido. E fofo, muito fofo. Surpreendente! Para mim é uma versão adulta do  bolo de cenoura que conhecemos - igualmente saboroso, porém menos enjoativo e rico em textura.
E para cobrir, cobertura de cream cheese, que combina com bolo de cenoura tanto quanto chocolate! Mas nada te impede de fazer um brigadeirinho pra finalizar, né? rs



Bolo de Cenoura Super Úmido
[receita retirada daqui]

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de trigo;
2 colheres de chá de fermento em pó;
2 colheres de chá de bicarbonato de sódio;
1 colher de chá de canela em pó;
1 colher de chá de sal;
2 xícaras de açúcar;
4 ovos;
1 e 1/2 xícaras de óleo de canola;
3 xícaras de cenoura ralada;
3/4 de xícara de nozes picadas;
1/2 xícara de coco ralado [opcional].

Para a cobertura de cream cheese [que eu fiz do meu modo]:
3/4 de xícara de creme de leite fresco gelado;
4 ou 5 colheres de açúcar de confeiteiro;
200g de cream cheese.

Preparo:
Unte e enfarinhe uma assadeira quadrada de 23cm de lado.
Preaqueça o forno a 180 graus.
Misture a farinha, o fermento, o bicarbonato, o sal e a canela. Adicione o açúcar e misture. No liquidificador, apenas pulse os ovos o óleo e a cenoura ralada, garantindo que os pedacinhos de cenoura não fiquem totalmente triturados.
Derrame essa mistura sobre a mistura de farinha e incorpore. Adicione o coco ralado e as nozes e misture.
Passe a massa para a assadeira e asse por cerca de 60 minutos [o livro indica mais que isso, ainda, mas aqui em casa ficou pronto em 45 minutos] até que, enfiando um palito de madeira no bolo, ele saia seco.
Apague o forno e deixe o bolo lá dentro por 10 minutos. Retire e deixe esfriar completamente.

Para a cobertura:
Bata o creme de leite gelado na batedeira, até conseguir picos leves. Adicione o açúcar às colheradas, e bata até formar picos firmes. Acrescente o cream cheese e bata apenas para incorporar.
Cubra o bolo, espalhando com uma espátula.


quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Deleites Gastronômicos, da Casa Ladurée


Olás olás!
O post de hoje tem que ser escrito super rápido. Pois é, esqueci o fio do notebook no trabalho, e a bateria não vai durar para sempre. Imagina o desespero?
Mas o lado bom disso é que mal tive tempo para ver as fotos, então vou postá-las assim, sem muita frescura, frescura essa que tem atrasado e muito a atualização do blog. Aham, os atrasos são por conta de desgostos meus com as fotografias que tenho tirado. Mas tudo passa, e a câmera fotográfica e eu faremos as pazes logo logo.
A receita de hoje, do livro de Doces da Maison Ladurée, tem o nome de Deleites Gastronômicos. O nome já diz tudo, né? Complicadinhos de fazer, como todas as receitas desse livro, mas deliciosos de se olhar e, claro, de se comer. São pequenas obras-primas, doces quatrocentões e acredite, valem todo o trabalho!



Deleites Gastronômicos
[receita retirada de Doces | Maison Ladurée, rendeu 15 doces]

Para o creme de baunilha:
1 fava de baunilha;
400ml de leite;
4 gemas;
80g de açúcar;
30g de amido de milho;
25g de manteiga.

Para a massa choux:
120g de farinha de trigo;
100ml de água;
100ml de leite;
1 pitada de açúcar;
1 pitada de sal;
80g de manteiga;
4 ovos inteiros;
100g de amêndoas picadas.


Para a montagem e o chantilly:
400ml de creme de leite fresco gelado;
25g de açúcar de confeiteiro;
2 caixinhas [500g] de morangos ou framboesas frescas;
Açúcar de confeiteiro para polvilhar.

Para o creme de baunilha:
Parta a fava ao meio e raspe o interior para extrair as sementes. Despeje o leite em um panela, acrescente as sementes e a fava e ferva. Retire do fogo, cubra a panela e deixe em infusão por 15 minutos.
Em uma tigela bata as gemas e o açúcar até que a mistura fique esbranquiçada. Adicione o amido e misture.
Retire a fava do leite [você pode colocá-la no seu pote de açúcar, para aromatizar], e ferva o leite novamente. Despeje 1/3 do leite quente sobre a mistura de gemas, açúcar  amido e mexa com um fouet. Volte a mistura para a panela, com o restante do leite, e cozinhe até ferver, mexendo sem parar, para o creme encorpar [cerca de 1 minuto]. Retire do fogo, passe para uma tigela e deixe esfriar por 10 minutos. Adicione a manteiga e mexa até que a mistura fique uniforme. Cubra com papel filme e leve para gelar por pelo menos 1 hora.

Preparo da massa choux:
Preaqueça o forno a 180 graus.Peneire a farinha.
Em uma panela, ferva o leite, a água, o açúcar, o sal e a manteiga. Retire do fogo, adicione a farinha peneirada toda de uma vez, misturando rapidamente com uma colher de pau até formar uma bola. Volte ao fogo por 1 minuto, batendo a massa com a colher, até que o fundo da panela fique branco.
Transfira a massa para uma vasilha e incorpore os ovos, um a um, batendo bastante com a colher de pau após cada adição. Você deve bater até que a massa fique homogênea e amoleça, escorregando da colher.
Passe a massa para um saco de confeiteiro com bico liso e, sobre uma assadeira untada e enfarinhada, molde profiteroles grandes, com 6cm de comprimento. Polvilhe as amêndoas e leve ao forno preaquecido a 180 graus. Depois de 10 minutos [quando a massa começa a crescer], abra um pouco a porta do forno, uns 3mm de abertura, para o vapor escapar, e continue assando, com a porta entreaberta, por mais 25 minutos. 
Retire e deixe esfriar sobre uma grelha.

Para o chantilly:
Bata o creme de leite gelado na batedeira, até engrossar. Adicione o açúcar e continue batendo até formar picos firmes.

Montagem:
Corte os morangos, lavados e secos, em 4 partes.
Misture 1/4 do chantilly ao creme de baunilha gelado, delicadamente. Passe o creme para um saco de confeiteiro com bico liso, e o restante do chantilly para um saco de confeiteiro com bico canelado.
Corte os profiteroles horizontalmente, a 2/3 da altura. Recheie as bases com o creme de confeiteiro, com o chantilly e com os morangos picados. Cubra com as tampas e polvilhe açúcar de confeiteiro.
Conserve na geladeira.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Que tal ganharmos um super vale-compras?!

 

Olás olás! 

Hoje tenho uma ótima notícia! A Rubbermaid, uma empresa com tradição em facilitar a organização das nossas casas com produtos super práticos, inovadores e de alta qualidade, convidou A Cozinha Coletiva para participar do seu concurso cultural “Rubbermaid organiza sua cozinha, sua casa sua vida”. Com isso, eu e você podemos ganhar R$1500,00 em vale-compras cada um! 

Para você concorrer é super fácil: é só se cadastrar no site da Rubbermaid       [www.rubbermaidbrasil.com.br], acessar o blog da Rubbermaid, comentar o post do concurso cultural       dizendo qual blog participante você acha que fez a melhor organização ou receita e responder a uma perguntinha. 

A resposta mais bacana ganha os R$1500,00 para gastar como quiser em uma dessas três lojas virtuais: Etna, Lojas Americanas ou Submarino! 

Agora, para eu também poder ganhar meu vale-compras, conto com o voto de vocês nas duas receitinhas que irei postar lá no blog da Rubbermaid! 
Eu vou participar somente da terceira fase do concurso cultural (meus posts saem só em Novembro, e eu volto a falar deles quando postar, tá?) mas você já pode se cadastrar e votar nos blogs que estão participando da segunda fase do concurso cultural [com dicas sobre organização doméstica]. Assim, sua chance de ganhar duplica! Então bora clicar aqui?

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Bolo de Laranja e Chocolate


Olás olás! Sim, eu voltei!
As fôrmas para bolo tipo Maryann [Maryann Cake Pan] surgiram na década de 20, nos Estados Unidos. Redondas e com as laterais caneladas, como uma fôrma de tortas, o diferencial da Maryann é formar uma cavidade rasa, na superfície do bolo [quando virado sobre um prato], perfeita para comportar cremes, geléias, caldas ou frutas frescas. É mais fácil olhar essa foto do que imaginar pela descrição, mas o importante é que uma fôrma dessas deixa qualquer bolo simples muito mais bonito! A parte triste é que nunca achei uma Maryann Cake Pan aqui no Brasil [se alguem souber onde achar, please, me conte!], então emprovisei com uma fôrma canelada funda, e gostei bastante do resultado!
Quanto à massa escolhida, resolvi finalmente estrear meu livro da Ladurée com a receita do Bolo Macio de Laranja. O que posso dizer? Ficou super úmido, macio e com uma cor maravilhosa! Ah, e eu aconselho preparar esse bolo na véspera, pois aqui em casa ele foi ficando mais saboroso com o tempo. Perfeito para a hora do café!



Bolo de Laranja e Ganache de Chocolate
[receita da massa retirada do livro Doces | Maison Ladurée]

Ingredientes do bolo:
225g [1 xícara mais 2 colheres de sopa] de manteiga;
175g [1 e 1/2 xícaras] de farinha de trigo;
3 ovos;
3 laranjas;
225g [1 e 1/4 xícaras] de açúcar refinado;
11g [1 colher de sopa] de fermento em pó.

Ingredientes da Ganache:
250g de chocolate meio amargo picado;
1 lata de creme de leite sem soro;
1 colher de sopa de glucose de milho.

Preparo do bolo:
Unte uma forma redonda e canelada [uma fôrma funda, para tortas, dá certinho], de 20cm de diâmetro, com manteiga e polvilhe com farinha. Retire o excesso de farinha dando palmadinhas de leve. Reserve.
Lave as laranjas, seque-as e usando um ralador, raspe a casca delas. Misture as raspas com o açúcar.
Esprema as laranjas e reserve o suco.
Amoleça a manteiga, em banho-maria ou no microondas, até obter uma consistência pastosa. Depois, vá adicionando os seguintes ingredientes, misturando bem após cada adição: a mistura de açúcar e raspas, os ovos, a farinha, o fermento e o suco de laranja.
Ligue o forno a 180 graus.
Encha a fôrma com a massa até 2cm da borda. Leve ao forno por 45 minutos.
Deixe esfriar completamente, desenforme com cuidado e cubra a face superior do bolo com a ganache.

Para a ganache:
Leve o creme de leite ao fogo baixo até quase ferver. Retire, adicione o chocolate picado e misture até que o chocolate derreta. Junte a glucose e bata, com um fouet, até a mistura ganhar consistência. Cubra o bolo.