quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Torta de Cerejas Frescas


Olás!
Antes da última receita do ano, eu gostaria de aproveitar o aniversário do blog [pois é, A Cozinha Coletiva fez 2 aninhos dia 23 agora e eu esqueci completamente! hehe] e os últimos dias de 2011 para agradecer a participação de todos vocês aqui n'A Cozinha Coletiva [seja por visitas, comentários, facebook ou twitter] e desejar um novo ano repleto de saúde, bons momentos e doçura, muita doçura... e de doçuras a gente entende, né? ;) 


Bom, a minha sugestão perfeita para a sobremesa de ano novo foi pro beleléu depois de um ovo podre [eca!] e uma batedeira que pifou no meio do merengue [antes qu vocês me condenem, sim, eu tentei terminar o merengue no muque, mas perdi o ponto]. A parte que se salvou foi direto para o freezer  e eu tive que improvisar uma nova idéia - o que foi bem fácil graças a Martha Stewart e suas tortas invejáveis. Aliás, escolhi uma facílima: massa de biscoito triturado, creme que não vai ao forno [e que consegui bater sem a finada batedeira] e lindas cerejas frescas por cima. E vai falar que não ficou bonita?



Torta de Cerejas Frescas
[receita retirada daqui]

Para a massa:
200g de bolacha maria;
2 colheres de sopa de açúcar;
6 colheres de sopa de manteiga derretida.

Para o creme:
1/4 de xícara de açúcar;
200g de cream cheese, em temperatura ambiente;
1/2 colher de chá de extrato de baunilha;
3/4 de xícara de creme de leite fresco.

450g de cerejas frescas, lavadas, partidas ao meio e sem caroço;
1 colher de sopa de alguma geléia vermelha [usei geléia de cereja mesmo];
1 colher de sopa de água.

Preparo da massa:

Triture a bolacha no liquidificador e despeje em uma tigela. Adicione o açúcar e a manteiga derretida e misture bem.
Distribua a massa no fundo e laterais de uma forma de tortas baixa de 22cm de diâmetro, pressionando com as costas de uma colher.
Asse em forno 180 graus preaquecido por 10 minutos.
Deixe esfriar completamente.

Preparo do creme e montagem:
Com um fouet ou na batedeira, bata o cream cheese, o açúcar e a baunilha até formar um creme fofo. Adicione o creme de leite aos poucos e continue batendo, até formar picos firmes. 
Recheie a massa já totalmente fria com o creme, e distribua as metades de cereja por cima.
Em fogo baixinho e em uma panelinha pequena, misture a geléia e a água até ficar uma mistura mais líquida. Retire do fogo e pincele essa calda com cuidado sobre as cerejas. Leve à geladeira por pelo menos 30 minutos, antes de servir.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Bostocks e Feliz Natal


Olás,
Talvez toda família seja estranha, mas a minha eu sei que é. Estranha e complicada. Não temos conversas profundas, não falamos do nosso dia-a-dia uns para os outros, nos aturamos no tempo em que temos que passar juntos. A minha família é, ainda, muito pequena e manca de um pé, desde que meus pais se separaram. A gente não faz churrasco, nem almoços de festa e a gente não comemora natal. Mesmo assim nessa época do ano meu irmão e eu viajamos para cá, na casa dos meus avós, e passamos alguns dias nos aturando.
Mas dessa vez aconteceu uma coisa engraçada: eu inventei de fazer rabanadas [e por aqui inventar moda é quase proibido] e, no meio da bagunça que eu fazia na cozinha enquanto fatiava pão velho, passava no leite, no ovo, fritava, escorria, passava no açúcar com canela e escorria outra vez, as pessoas foram chegando, provando, comendo, puxando papo e por alguns instantes pairou naquele ar cheirando a fritura aquilo que as pessoas chamam de espírito do natal, e foi suficiente.
A receita que vai hoje é lembra uma rabanada, com um toque de amêndoas e manteiga, e assada no forno. Ela vem do livro da Ladurée e como tudo que vem de lá, é simplesmente deliciosa. E apesar de combinar com Natal, pode ser preparada em todo café da manhã mais caprichado.
Um beijo e feliz Natal pra todos nós!


Bostocks
[do livro Doces Maison Ladurée – rende 10 fatias]

Ingredientes:
1 brioche Nanterre [retangular] de 20cm de comprimento
250ml de água
375g de açúcar semoule;
30g de farinha de amêndoas;
25g de água de flor-de-laranjeira;
1 receita de creme de amêndoas [click para ver a receita];
100g de amêndoas laminadas;
5 colheres de sopa de rum;
Açúcar de confeiteiro para polvilhar.

Preparo:
Em uma panela coloque a água, o açúcar e a farinha de amêndoas para ferver. Ferva por uns 7 minutos, apague o fogo e adicione a água de flor-de-laranjeiras. Reserve.
Corte o brioche em fatias de 2cm de espessura. Com uma espátula, mergulhe as fatias, uma a uma e com cuidado, no xarope ainda quente, para que fiquem encharcadas. Escorra-as sobre uma grelha.
Coloque as fatias de brioche sobre uma assadeira forrada de papel manteiga e borrife o rum.
Prepare o creme de amêndoas conforme essa receita. Preaqueça o forno a 170 graus. Espalhe uma fina camada [2mm] de creme sobre cada fatia e polvilhe as amêndoas laminadas.
Asse por cerca de 12 minutos. Polvilhe com açúcar de confeiteiro e sirva.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Quase uma Tarte Amandine...


Hey!
E não é que depois de uma novela de paranoias infundadas deu tudo certo? É então, sou arquiteto! :D Vai fazer uma reforma? Me chama! hahahaha Brincadeira, mas tô super feliz! ;)
Mudando de assunto, no final de semana preparei uma massa doce de amêndoas para torta, retirada do lindo livro Doces | Maison Ladurée, pensando em recheá-la com curd de limão ou algo parecido. Alguma coisa me fez mudar de idéia e o resultado foi uma massa que esfarela na boca recheada de um creme amanteigado de amêndoas do mesmo livro] com pedaços de maçã dourados encrustados como jóias. Tá, posso ter exagerado na descrição, mas ela faz jus ao sabor da torta. Até quem não gosta de doce deu o braço a torcer!




Torta de Amêndoas e Maçã
[massa e creme de amêndoas retirados do livro Doces | Maison Ladurée, que ganhei da Maits]

Ingredientes da massa:
120g de manteiga;
70g de açúcar de confeiteiro;
25g de farinha de amêndoas [amêndoas torradas, moídas e peneiradas - faço em casa mesmo];
1 pitada de sal;
1 ovo inteiro;
1/2 colher de chá de extrato de baunilha [opcional];
200g de farinha de trigo.

Ingredientes do creme de amêndoas [frangipane]:
100g de manteiga;
100g de açúcar de confeiteiro;
100g de farinha de amêndoas;
10g de amido de milho;
2 ovos;
1 colher de sopa de rum.

Para as maçãs:
2 colheres de sopa de açúcar;
1 colher de sopa de manteiga;
2 maçãs sem casca e sementes cortadas em fatias mais grossas.

Açúcar de confeiteiro para polvilhar.

Preparo da massa:
Corte a manteiga em pedaços pequenos e coloque-os em uma tigela. Vá amassando com um garfo enquanto adiciona os outros ingredientes: o açúcar de confeiteiro peneirado, a farinha de amêndoas, o sal, a baunilha, o ovo e por fim a farinha de trigo. Amasse rapidamente com as mãos apenas para que a massa se aglomere. Forme uma bola, cubra com filme plástico e leve à geladeira por pelos menos 2 horas antes de abrir.
Em uma superfície enfarinhada abra a massa em uma espessura de aproximadamente 0,5cm e cubra fundo e laterais de uma fôrma baixa para tortas de 22cm de diâmetro com ela [vai sobrar um pouquinho, que você pode assar como deliciosos biscoitinhos, já que é melhor não reduzir essa receita de massa, pois o equilíbrio dela é definido pela quantidade de ovos, e 1/2 ovo nunca é muito exato, né?]. Cubra a massa com papel alumínio e distribua feijões por cima, para fazer peso. 
Leve para assar em forno preaquecido a 180 graus por 20 minutos. Retire os feijões com o papel alumínio e deixe esfriar.

Preparo das maçãs:
Derreta a manteiga em uma frigideira. Adicione o açúcar e as maçãs e cozinhe, sem mexer muito, até que os pedaços comecem a dourar, mas sem amolecerem. Apagu o fogo e deixe esfriar. 



Preparo do creme:
Amoleça a manteiga em banho-maria ou no microondas sem deixar derreter, apenas para obter uma consistência pastosa. Adicione os seguintes ingredientes nessa ordem, misturando bem após cada adição: o açúcar de confeiteiro, a farinha de amêndoas, o amido, os ovos e o rum. Reserve.

Montagem: 
Cubra a base da torta, já totalmente fria, com o creme de amêndoas. Distribua os pedaços de maçã sobre o creme, sem pressionar [o creme cresce no forno e engloba as fatias]. Volte a torta ao forno preaquecido em 180 graus por mais 25 minutos, até o recheio dourar e firmar. Polvilhe com açúcar de confeiteiro e sirva morna ou fria.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Torta de Caramelo e Morangos



Olás olás!
O blog anda todo vermelho, cor de Natal [ou seria de Coca-cola?], mas eu juro que são coincidências. Na verdade quando comecei a preparar a receita de hoje, nem tinha pensado em morangos. Nem em morangos nem em torta, pois foi folheando uma revista Cláudia Cozinha velhinha que me interessei por um creme bem semelhante ao Butterscotch [que é uma calda grossa feita de manteiga, açúcar mascavo, glucose e creme de leite], mas que era, depois de frio, batido até virar chantilly, um chantilly aveludado e dourado com sabor de caramelo. Foi então que, para quebrar a doçura, a Gi sugeriu morangos. Juntei uma massinha básica de torta e raspas de chocolate [que combinam muito bem com caramelo e com morango] e pronto, uma torta simples e bem simpática. Tão simpática que no outro dia, quando a Gi voltou da faculdade e resolveu comer mais uma fatia, já não havia nem sinal da torta... sab como é, né? :P



Torta de Caramelo e Morangos

Para a massa: utilizei a mesma receita daqui.

Para o creme de caramelo:
1 e 1/2 xícaras de açúcar;
1/2 xícara de água;
3 xícaras de creme de leite fresco;
1/2 colher de sopa de Bourbon ou outro uísque.

Para a montagem:
1 e 1/2 caixinhas de morangos lavados, secos e sem o talo;
60g de chocolate meio amargo.

Preparo do creme de caramelo no dia anterior:
Em uma panela média misture o açúcar e a água e leve ao fogo médio até o açúcar dissolver. Aumente o fogo e deixe a calda ferver até ficar caramelada [vai ficar dourada, quase como calda de pudim]. Adicione, aos poucos, 1 e 1/2 xícaras de creme de leite [a mistura vai ferver forte], abaixe o fogo para médio e acrescente o restante, aos poucos, mexendo com uma colher de pau para derreter o açúcar caramelado e a mistura ficar lisa. Passe para uma tigela, deixe esfriar e leve à geladeira, tampada, de um dia para o outro.

Preparo do creme de caramelo no dia de servir:
Retire o creme da geladeira e bata na batedeira até formarem picos firmes. Adicione o Bourbon e bata para incorporar. Reserve na geladeira.

Preparo da massa:
Prepare a massa como indicado no link, e com ela forre o fundo e as laterais de uma fôrma baixa para tortas de 23cm de diâmetro. Faça furos na massa com um garfo, cubra com 4 folhas de papel alumínio sobrepostas e leve ao forno, preaquecido a 180 graus, por 20 minutos. Retire as folhas de papel alumínio e asse por mais 10 minutos, até a massa dourar. Deixe esfriar, desenforme sobre um prato de servir e reserve.

Montagem:
Recheie a massa de torta já fria com o creme de caramelo. Distribua os morangos inteiros sobre o creme, com delicadeza, e por cima distribua raspas de chocolate [que eu faço com o descascador de legumes]. Deixe gelar por pelo menos uma hora e sirva.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Cerejas em Calda



Olás, tudo bem?
Cerejas são frutinhas injustiçadas. Comumente usadas na decoração de sobremesas, na hora de comer geralmente são empurradas para a beirada do prato e ficam ali, abandonadas. E quem faz isso tem toda a razão, pois tem muita bolinha vermelha vendida por aí que não passa de mamão verde + corante + essência de cereja. Triste, né? Então faça como eu, aproveite que é natal e os supermercados estão abarrotados de cerejas frescas e faça suas próprias cerejas em calda. É muito, mas muito fácil, e são deliciosas, completamente diferentes daquelas bolinhas enrugadas quem sempre terminam na borda do prato. Ah, e fica bonito você comentar, "casualmente", que as cerejas do seu bolo são feitas em casa mesmo, dá licença? hahaha



Cerejas em Calda
[adaptadas daqui]

Ingredientes:
2/3 de xícara de água;
6 colheres de sopa de açúcar;
3 colheres de sopa de suco de limão;
1/2 fava de baunilha, partida no sentido do comprimento;
1 dose de cherry brandy [opcional, mas comprar a dose em um bar é fácil], ou Maraschino [que é um licor de cereja mais caro];
2 e 1/2 xícaras de cerejas frescas descaroçadas.

Preparo:
Em uma panela média e de fundo grosso leve ao fogo alto a água, o açúcar e o suco de limão. Adicione as sementes raspadas e a fava da baunilha. Deixe ferver por uns 7 minutos, até formar um xarope. Abaixe o fogo para e adicione as cerejas e a bebida. Deixe cozinhar, misturando delicadamente, por cerca de 1 minuto, até as frutas ficarem brilhantes. Apague o fogo, deixe esfriar e passe para um vidro grande.
Conserve na geladeira por pelo menos uma semana.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Floresta Negra em taças


Voltei!
Estou realmente orgulhoso dessa sobremesa. Não que seja difícil de se fazer – na verdade é bem fácil, se resume a montar camada sobre camada: geléia/ bolo/ cerejas em calda/ creme de chocolate/ chantilly/ raspas de chocolate  – mas com a aproximação do natal  me bate aquela vontade irracional de passar horas na cozinha, preparando conservas e compotas e receitas que vão virar ingrediente de outras receitas, e por isso decidi complicar a praticidade dessa sobremesa e preparar todo o necessário em casa mesmo: fiz geléia de cerejas [já tradicional nos meus fins de ano], fiz cerejas em calda [e estou completamente viciado nelas] e fiz uma fornada de bolo inglês de chocolate. 
É claro que se você for uma pessoa normal vai achar tudo isso uma loucura e preparar o doce no seu modo prático - bolo inglês de padaria, geléia comprada pronta e cerejas em calda do supermercado – e você está coberta de razão! Desde que de boa qualidade [e não aquelas cerejas estranhas feitas de mamão verde], não há o menor problema em se usar ingredientes prontos – pelo contrário, em 15 minutos sua sobremesa de natal chiquérrima e com cara de trabalhosa está pronta e linda!
Mas se você tem tempo, experimente um pouco dessa tradição culinária que é tão natalina e tente preparar também seus ingredientes em casa. Você vai ver o quão divertido e confortante isso pode ser! Ao longo dessa semana eu passo as receitas complementares, tá?


Taças Floresta Negra
[porções individuais do Chocolate Cherry Trifle, da Nigella Lawson. Rende 8 porções generosas]

Ingredientes da montagem:
1 bolo inglês de chocolate de uns 350g;
3/4 xícara de geléia de cerejas;
3/4 de xícara de licor de cerejas [opcional - se quiser pode-se substituir pela calda das cerejas em calda];
1 vidro grande de cerejas em calda de boa qualidade [ou 2 xícaras de cerejas em calda];
100g de chocolate meio amargo [usei 55% cacau] em barra;
200ml de creme de leite fresco gelado.

Para o creme de chocolate:
1 xícara de leite integral;
1 xícara de creme de leite fresco;
6 gemas;
1/3 de xícara mais uma colher de sopa de açúcar;
4 colheres de cacau em pó;
100gr de chocolate meio amargo [usei 55% cacau] derretido em banho-maria.

Prepare o creme:
Derreta o chocolate picado, em banho-maria sem deixar a água ferver. Reserve.
Misture o leite e o creme de leite em uma panela média e leve ao fogo amornar. Enquanto isso bata as gemas com o açúcar e o cacau até ficar cremoso. Adicione a mistura morna e o chocolate derretido sobre a mistura de gemas, e incorpore com delicadeza.
Passe a mistura para a panela e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até começar a engrossar. Retire do fogo, passe para uma tigela e cubra com filme plástico para não formar película. Reserve na geladeira.

Para a montagem:
Bata o creme de leite fresco gelado na batedeira, até formar picos moles [ponto de chantilly leve]. Reserve.
Pique o bolo em cubinhos e reserve.
No fundo de cada taça coloque 1 colher de sopa de geléia de cerejas. Por cima, distribua os cubinhos de bolo e regue com colheradas de licor ou de calda, até ficar bem úmido. Espalhe umas 4 ou 5 cerejas em calda em cada taça [você pode parti-las ao meio, mas usei inteiras mesmo], e cubra com colheradas do creme de chocolate, já frio. Para finalizar, complete as taças com colheradas do creme de leite batido e decore com raspas de chocolate [eu uso um descascador de legumes para raspar a lateral da barra de chocolate e conseguir raspas mais delicadas].
Sirva imediatamente ou reserve na geladeira até o momento de servir.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Aviso atrasado



Hallo people!
Esse aviso está um tanto quanto atrasado, mas passei para dizer que, devido "aos finalmentes" da minha vida acadêmica [uhuul!], a cozinha coletiva anda meio vazia por esses dias. Mas no fim de semana eu volto para o fogão e segunda-feira, dia 05, já tem receita nova, em clima de natal!
Beijo e obrigado por aparecerem! :D

Richie


PS: Não, não sou eu ali, fotografando rs