sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Cheesecake de manteiga de amendoim da Nigella


Olás!
Eu adoro ver a Nigella cozinhar. Quando vou para a casa da minhã mãe aproveito para ver os programas de culinária da TV paga, e o dela é certamente me favorito. Nigella é despretensiosa e poética, ao falar de comida; a luz que ilumina sua bancada deixa o preparo de qualquer receita parecido com um pequeno trabalho de arte, e claro, ela tem um sorriso extremamente cativante. A gente se sente à vontade vendo a Nigella, e ela parece estar, também, completamente à vontade, cozinhando com as câmeras em volta.
Eu adoro cheesecake também. Pelo número de receitas diferentes do doce que aparecem aqui n'A Cozinha Coletiva já dá para desconfiar disso, né? Ainda mais quando a melhor delas leva simplesmente um quilo de cream cheese. Tento me controlar, mas simplesmente não consigo evitar o sabor doce abaunilhado, levemente azedo e com um toque de sal dos cheesecakes.
E eu adoro manteiga de amendoim. Na verdade, das nacionais que provei não gostei muito - pálidas e fracas no sabor - mas uma colherada de uma boa pasta de amendoim no pãozinho ou na panqueca deixa qualquer café da manhã mais feliz. Se tiver geléia junto então, fica sublime. A que usei veio da Bless Importados, que sempre facilita minha busca por ingredientes difíceis].
Ok, o post está com cara daquela música My Favorite Things, eu sei. Mas é que preparei uma receita da Nigella, de cheesecake de manteiga de amendoim, e depois de uma primeira garfada, tenho certeza que você vai ouvir essa canção também, dentro da sua cabeça.
Espero que gostem, e bom final de semana! 



Cheesecake de Manteiga de Amendoim da Nigella
[a receita vem daqui]

Para a base:
200g de biscoitos Grahan Crackers [tem em alguns supermercados, mas você pode usar biscoito tipo Maria, se não encontrar];
50g de amendoim salgado [aqueles tipo aperitivo, sabe?];
100g de gotas de chocolate amargo picado;
50g de manteiga derretida.

Para o creme:
500g de cream cheese;
3 ovos;
3 gemas;
180g de açúcar;
125ml de creme azedo*;
250g de manteiga de amendoim do tipo cremosa.

Para a cobertura [totalmente dispensável, mas...]:
250 ml de creme azedo*;
100g de chocolate ao leite picado;
30g de açúcar mascavo claro.

Prepare a base:
No liquidificador ou processador, pulse os biscoitos, os pedaços e chocolate e os amendoins até formar uma farofa uniforme [no liquidificador é aconselhável não fazer isso com tudo de uma vez - vá triturando aos poucos]. Passe essa farofa para uma tigela, adicione a manteiga derretida e misture bem, até a farofa ficar toda úmida. Com o auxílio das costas de uma colher, espalhe essa mistura no fundo e em 2/3 da altura da lateral de uma fôrma rendonda, de 23cm de diâmetro e fundo removível, pressionando com cuidado. Reserve na geladeira.

Prepare o creme:
Preaqueça o forno a 180 graus.
Na batedeira com o garfo tipo raquete, ou no processador, bata o cream cheese, os ovos, as gemas, o açúcar, o creme azedo e a manteiga de amendoim, até ficar bem cremoso e uniforme.
Recheie a base preparada com esse creme e leve ao forno por 1 hora, checando após 50 minutos. O topo deve parecer seco ao toque, mas movimentando a fôrma o meio deve balançar levemente. Retire o cheesecake do forno, sem apagar o fogo, enquanto prepara a cobertura.

Para a cobertura:
Em fogo baixo, amorne o creme azedo, o chocolate picado e o açúcar mascavo, misturando para homogeneizar enquanto derrete. Assim que tudo estiver derretido e uniforme, apague o fogo.
Espalhe essa cobertura cuidadosamente, sobre a superfície do cheesecake [com calma para ele não rachar].
Volte ao forno por mais 10 minutos.
Apague o fogo, retire o cheesecake e deixe esfriar completamente. Cubra com filme plástico e deixe na geladeira, por uma noite.
Retire meia hora antes de servir, e desenforme com cuidado.

* Para preparar o creme azedo [sour cream] em casa, misture suco de limão com creme de leite fresco na proporção 1 colher de sopa de suco para cada xícara de creme. Deixe descansar por 30 minutos em temperatura ambiente e conserve na geladeira.


quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Rainha de Sabá, da Julia Child


Olás pessoas!
Julia Child deve ter sido uma mulher divertida. Uma americana grandalhona, quase solteirona, boa de papo, e que aos 37 anos descobriu, de repente, a que veio ao mundo, quando provou do seu linguado ao molho de manteiga ao pisar em território francês. Apaixonou-se. E foi obsessão: Julia comeu, provou de tudo o que tinha direito. E tratou de descobrir como se preparava tudo aquilo. Enfrentou preconceitos e se enfiou no meio dos cabeças da cozinha francesa, sem medo nem vergonha. Aprendeu com grandes chefs e com franceses comuns, comeu em grandes restaurantes e na mesa de camponeses. Testou receitas a não poder mais, sempre com um rigor científico, buscando a técnica correta e o sabor tradicional. Fez isso pelo resto da vida, com tempo ainda para cuidar do marido e do casamento, ensinar, escrever duas bíblias culinárias, apresentar um programa de televisão e, generosa, espalhar a boa nova vinda da França para as donas de casa americanas. O segredo? Coragem, segundo ela - a coragem necessária para virar uma omelete na frigideira e também para virar o rumo da sua vida. E a paixão, explícita em todos os trechos da sua biografia.
Ontem Julia Child faria 100 anos, e é por isso que a receita de hoje é um clássico do livro Dominando a Arte da Culinária Francesa. Espero que gostem! :)


Rainha de Sabá
[Reine de Saba avec Glaçage au Chocolat, ou Bolo de Amêndoas e Chocolate, da Julia Child]

Ingredientes para o bolo:
120g de chocolate meio-amargo, com 50% de cacau;
2 colheres de sopa de rum, ou de café quente;
120g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente;
2/3 da xícara de açúcar;
3 gemas;
3 claras;
1 pitada de sal;
1 colher de sopa de açúcar;
1/3 da xícara [85g] de farinha de amêndoas;
1/2 xícara de farinha de trigo.

Ingredientes para o glacé:
70g de chocolate meio-amargo, com 50% de cacau;
75g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente;
2 colheres de sopa de rum ou café quente;
Amêndoas em lascas para decorar.

Prepare o bolo:
Preaqueça o forno a 170 graus.
Unte uma fôrma redonda de 20cm de diâmetro com manteiga e enfarinhe, batendo bem para retirar o excesso de farinha. Reserve.
Pique o chocolate em pedaços pequenos, junte o café ou rum e leve ao fogo, em banho-maria, mexendo até derreter [apague o fogo antes da água do banho-maria começar a ferver]. Reserve.
Em uma tigela média bata a manteiga com o açúcar até ficar cremoso e claro [pode ser com a batedeira ou com uma colher grande/ fouet]. Adicione as gemas, uma a uma, batendo bem após cada adição. Reserve.
Em outra tigela bata as claras em neve, com a pitada de sal, até formar picos moles. Adicione a colherada de açúcar e continue batendo até formar picos firmes. Reserve.
Adicione o chocolate derretido à mistura de gemas, misturando para incorporar. Adicione a farinha de amêndoas e misture bem.
Junte as claras em neve às colheradas, alternando com colheradas de farinha, e misturando com movimentos circulares de baixo para cima, sem bater.
Distribua a massa na fôrma preparada e alise a superfície. Leve ao forno por cerca de 25 minutos, até que nas bordas a massa esteja assada, mas com o centro ainda meio mole. 
Retire do forno, deixe esfriar por 10 minutos na forma, e desenforme. Passe para o prato de servir e deixe esfriar completamente.

Prepare o glacé:
Derreta lentamente o chocolate misturado com o rum ou café em uma tigela de metal ou vidro, em banho-maria, sem deixar a água ferver.
Retire do banho-maria, acrescente a manteiga, uma colherada por vez, misturando bem após cada adição.
Prepare uma tigela grande, com gelo e água gelada, e coloque a tigela do glacé sobre dessa, misturando sempre, até esfriar e ganhar uma consistência de cobertura.
Espalhe o glacé sobre o bolo frio, com o auxílio de uma espátula, e decore com as lascas de amêndoas.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Rocambole de Chocolate Branco


Antes do "olás", você ja curtiu a página d'A Cozinha Coletiva no Facebook? É só acessar aqui: www.facebook.com/ACozinhaColetiva, curtir e receber as fotos e dicas que aparecem por lá! Bora??
Tá, agora sim:

Olás!
As vezes é super fácil escolher uma receita: eu vou ao supermercado sabendo exatamente quais ingredientes comprar - até levo o livro de receitas junto, por preguiça de fazer uma listinha. Mas quando tenho um ingrediente especial dando sopa a coisa muda de figura: procuro mil receitas, consulto vários livros, peço opinião de amigos, tudo para que aquele ingrediente não seja 'usado em vão'. rs
Dessa vez o tal ingrediente especial era um saco de gotas de chocolate branco Callebaut, vindo da Bless Importados [a Bless é super parceira d'A Cozinha Coletiva, sempre fornecendo ingredientes de alta qualidade e difíceis de achar no mercado]. Enquanto a receita era selecionada, explorada, decidida, as gotinhas iam sendo devoradas, uma a uma, num ritmo lento mas constante, o que tornava o processo todo um tanto quanto urgente [tá, dois quilos de chocolate branco não terminam assim, pá-pum, né? Mas há sempre o risco de um momento carência à la Bridget Jones ;) ].
Acontece que, depois de buscas refinadas e ótimos conselhos ainda não utilizados [enchi a paciência do Daniel, do blog Panela de Cobre, atrás de receitas rs] acabei por ficar no básico, certeiro e delicioso: fiz um pão-de-ló comum [e aproveitei para testar o novo forno], enrolei usando tecido limpo e umedecido na água quente [segredos da minha mãe] e recheei com creme de chocolate branco e cream cheese, salpicado pedacinhos de morangos frescos. Tá, não virou um rocambole perfeito [não consegui enrolar como deveria :S], mas a massa ficou tão fofa e o recheio tão gostoso que o formato pouco importou! Que tal uma fatia destas de sobremesa? ;)



Rocambole de Chocolate Branco com Morangos
[a receita da massa é da minha mãe, o recheio vem daqui e a cobertura fiz de cabeça]

Para o pão-de-ló:
6 ovos em temperatura ambiente;
1 pitada de sal;
1 xícara de açúcar refinado;
2 xícaras de farinha de trigo;
1/2 colher de sopa de fermento em pó.

Para o recheio:
250g de cream cheese de boa qualidade, em temperatura ambiente;
150g de chocolate branco de boa qualidade, derretido e frio;
4 colheres de sopa de manteiga sem sal, amolecida;
1/3 [usei 1/4] da xícara de açúcar de confeiteiro, peneirado;
1 bandeja de morangos limpos, picados.

Para a ganache:
300g de chocolate branco picado [usei em gotas];
100ml de creme de leite fresco.

Prepare o pão-de-ló:
Unte uma assadeira retangular e baixa, de 38x27cm [ou semelhante] com manteiga, forre o fundo e as laterias com papel manteiga e unte também o papel. Preaqueça o forno a 200 graus.
Na tigela grande da batedeira, em velocidade alta, bata os ovos com a pitada de sal até ficar claro e espumoso. Acrescente o açúcar aos poucos, e bata por cerca de 12 minutos [se sua batedeira for planetária uns 8 minutos], até o creme dobrar de volume. Fora da batedeira, peneire a farinha e o fermento, aos poucos, sobre o creme, misturando delicadamente com uma colher grande. A textura de espuma deve continuar.
Distribua a massa na assadeira preparada, espalhando bem com uma espátula, para nivelar.
Asse por cerca de 15ou 20 minutos, até dourar levemente. Faça o teste do palito: enfie um palito de dente no meio do bolo - se ele sair limpo, está pronto.
Umedeça um tecido limpo [pode ser um pano de prato virgem - ele deverá ser pouco maior que as medidas da assadeira] em água quente, torça bem e estique sobre uma superfície limpa [você pode usar uma folha grande de papel manteiga ao invés do tecido úmido, se preferir]. Desenforme o pão-de-ló quente sobre esse tecido e retire o papel manteiga.
Enrole o pão-de-ló, com o tecido junto, pelo lado menor. Deixe esfriar completamente.

Para o recheio:
Em uma tigela média, usando a batedeira, bata o cream cheese até ficar cremoso. Adicione metade do chocolate branco derretido e continue batendo, até formar um creme fofo [não se esqueça de raspar as laterais da tigela]. Adicione o restante do chocolate branco e bata para incorporar. Por fim, adicione a manteiga e o açúcar e bata até que o creme fique bem leve.
Reserve na geladeira.

Para a montagem:
Desenrole o pão-de-ló com cuidado [você vai perceber que a casquinha do bolo ficou toda grudada no tecido]. Cubra o bolo com uma camada uniforme do recheio gelado, evitando chegar muito próximo das bordas, e espalhe os morangos picados por cima. Enrole novamente, com a ajuda do tecido, pressionando levemente, mas com firmeza. 
Reserve o bolo na geladeira, envolto em filme plástico, até o momento de servir. Na hora de servir, prepare a ganache, corte as duas fatias das pontas, com uma faca de serra, para dar um acabamento mais bonito, e espalhe a ganache sobre o rocambole, com a ajuda de uma espátula.

Para a ganache:
Em uma panela pequena aqueça o creme de leite em fogo baixo, até quase começar a ferver. Junte o chocolate branco picado [ou em gotas] e reserve por 1 minutos. Comece a misturar, do centro para as laterais, com cuidado para não incorporar ar. Misture até que fique homogêneo e frio.