quarta-feira, 29 de maio de 2013

Torta Fácil de Curd de Limão


Olás!
Me apaixonei por Curd de Limão antes mesmo de ter provado pela primeira vez: só a textura daquele creme cor de gemas já me deixava babando nas fotos! Quando resolvi preparar o curd em casa, me deparei com dois problemas: o excesso de gemas na maioria das receitas [o que, mesmo que peneiradas, podem acabar deixando um sabor ou aroma de ovo que não é nada legal] e o alto risco do creme talhar [banho-maria, fogo baixo, mexendo sem parar e olhe lá]. Por sorte, depois de algumas tentativas, encontrei uma receita-coringa, com uma quantidade 'normal' de gemas e sem necessidade de banho-maria, e é ela que uso desde então [é essa receita aqui]. 
Curd de Limão é um recheio incrível para massa de tortas! Um dos acompanhamentos mais clássicos no chá inglês é justamente a Lemon Tart, uma torta de massa baixa assada recheada com curd e coberta com açúcar de confeiteiro. Super simples, né? E pode ficar ainda mais, se ao invés de cozinhar o curd no fogo, enquanto a massa assa, levar o curd para ser cozido no forno, ao mesmo tempo em que a massa doura. Moleza! E preciso dizer que é delicioso?! 
Eu cobri a minha torta com açúcar e dourei com o maçarico, mas se você não tiver um, não se preocupe: a torta fica linda com a sua superfície amarelo-vivo só polvilhada de branco, do açúcar de confeiteiro. Falando em superfície amarelo-vivo, o segredo dessa cor vem dos ovos - eu sempre procuro usar ovos caipiras para preparar curd de limão. Ah, e usei limão tahiti mesmo, nessa receita, mas você pode usar o cravo, o siciliano, o galego ou o que preferir.
Espero que gostem!


Torta de Curd de Limão
[adaptada daqui]

Para a massa:
1 e 1/4 xícaras de farinha de trigo;
1/4 da xícara de açúcar;
1/2 colher de chá de sal;
1/2 xícara [100g] de manteiga gelada picada em cubinhos;
4 colheres de sopa de água gelada.

Para o curd:
100ml de suco de limão;
1 colher de chá de extrato de baunilha;
5 gemas de ovo;
2 claras de ovo;
170g de açúcar refinado;
100ml de creme de leite fresco.

Açúcar de confeiteiro para polvilhar.

Prepare a massa:
Em uma tigel misture a farinha, o açúcar e o sal. Adicione a manteiga gelada em cubinhos e amasse com as pontas dos dedos até conseguir uma farofa úmida. Adicione as colheradas de água, uma a uma, amassando o suficiente para formar uma bola com a massa. Achate essa bola de massa, envolva em filme plástico e leve à geladeira por 20 minutos.
Preaqueça o forno a 180 graus.
Abra a massa, utilizando um rolo de macarrão, sobre uma superfície limpa e enfarinhada. Com ela cubra o fundo e laterais de uma fôrma para tortas canelada e baixa, de 22cm de diâmetro. Apare as bordas, fure a massa em vários pontos, com um garfo, cubra a massa com papel alumínio e preencha com feijões, para fazer peso. Leve ao forno por 20 minutos.
Retire a massa do forno, e o papel alumínio com os feijões. Reserve a massa enquanto prepara o recheio.

Prepare o recheio: 
Abaixe o forno para 120 graus [como a temperatura mínima do meu forno é 160 graus, eu deixo a porta entreaberta, com o cabo de uma colher de pau].
Em uma tigela peneire as gemas, sem apertar. Junte as claras e o açúcar e misture com um garfo, devagar para não formar espuma. Adicione o suco de limão, a baunilha e o creme de leite. Misture bem.
Peneire o recheio sobre a massa de torta já pré-assada. Leve de volta ao forno, com a porta entreaberta, por 40 minutos, até que o curd fique firme nas laterais mas continue um pouco mole no centro.
Retire a torta do forno e deixe esfriar completamente.
Leve à geladeira por pelo menos 30 minutos antes de servir, coberta com filme plástico.
No momento de servir, retire a torta da geladeira e peneire açúcar de confeiteiro sobre toda a superfície dela. Se preferir, doure o açúcar com o maçarico culinário.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Banoffee Galette



Olás, tudo bem?
Banana + manteiga de amendoim é uma dupla imortalizada pelo também imortal Elvis Presley - os sanduíches preferidos do rei do rock levavam esses ingredientes como recheio [e depois eram fritos na manteiga - tá explicada a pancinha que ele desenvolveu ao longo da carreira, né?]. Já os ingleses do Pub The Hangry Monk preferiram juntar banana + doce de leite e inventaram a Banoffee Pie, uma torta gelada de massa de biscoito triturado recheada de doce de leite, rodelas de banana e creme chantilly. E por aqui, quem nunca comeu daquela sobremesa clássica que combina camadas de bananas cozidas, creme de leite condensado [a nossa versão caseira - e bem adocicada - do creme de confeiteiro] e suspiro dourado, né?  
Sem falar em bolos de banana e caramelo, ou tortas banana e chocolate, ou banana. chocolate e nozes! Fato é que banana vai bem com guloseimas, ninguém pode negar!
E eu, que não dispenso uma boa guloseima de vez em quando, tenho uma versão pessoal da clássica torta de banana e doce de leite que é ainda mais gostosa do que a Banoffee original, e ainda mais fácil de fazer do que ela! A diferença dessa versão é que ela é uma torta quente - as bananas cozinham junto com a massa, envoltas em um mar de doce de leite derretido, borbulhante. Uma boa colherada de creme de leite batido [sem açúcar mesmo, afinal estamos falando de doce de leite] ou uma bola de sorvete de creme acompanha muito bem uma fatia ainda quente dessa torta, mas não faz falta, se você não tiver. A torta sozinha se garante!
Espero que gostem :)


Banoffee Galette

Ingredientes para a massa:
2 xícaras de farinha de trigo;
1 colher de chá de açúcar;
1/2 colher de chá de sal;
1/2 xícara [100g] de manteiga gelada picada em cubinhos;
4 colheres de sopa de água gelada.

1 ovo batido, para pincelar.

Para o recheio:
250g de doce de leite de boa qualidade [usei  meio vidro do Havana, que veio da Bless Importados - antes que eu comesse o vidro todo, às colheradas!];
6 bananas-maçã [uso a banana-maçã por sere pequena];
3/4 da colher de chá de canela em pó;
1 colher de sopa de suco de limão.

Preparo:
Em uma tigela misture a farinha de trigo, o açúcar e o sal. Junte os cubinhos de manteiga gelada e amasse com as pontas dos dedos até obter uma farofa úmida. Adicione a água gelada, uma colherada por vez, amassando o menos possível, somente até conseguir formar uma bola com a massa.
Achate essa bola, envolva em filme plástico e leve à geladeira por 20 minutos.
Preaqueça o forno a 180 graus.
Corte as bananas ao meio, no sentido do comprimento, e coloque-as em uma tigela. Polvilhe com a canela em pó e o suco de limão, e misture bem, mas com cuidado. Reserve.
Com um rolo, abra a massa gelada, sobre superfície polvilhada de farinha, até conseguir um círculo de uns 45cm de diâmetro. Com uma tesoura corte as imperfeições da borda da massa, dando formato circular. Passe a massa, aberta ainda, para o fundo de uma assadeira de pizza, ou fôrma retangular grande.
Distribua o doce de leite sobre a massa, deixando uma borda de 7cm em toda a volta. Por cima, arrume as bananas preparadas, encostadinhas umas nas outras. Dobre a borda que você reservou sobre o recheio. 
Pincele a massa com o ovo batido e leve ao forno por 30 minutos, até a massa dourar e o doce de leite borbulhar no centro.
Retire do forno, deixe esfriar por uns 5 minutinhos e sirva em fatias, acompanhadas de creme de leite batido ou sorvete de creme.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Cheesecake de Chocolate


Olás, tudo bem?
Eu já comentei aqui que da primeira vez que provei um Cheesecake não gostei: deixei o recheio de lado e comi só a massa de bolacha. Por sorte, um bom tempo depois eu fiz a minha primeira receita e entendi o porquê dessa sobremesa ser sempre uma boa e recorrente lembrança de quem viaja para os Estados Unidos. 
Verdade seja dita, um bom Cheesecake é difícil de ser encontrado e caro de ser preparado. Dia desses uma amiga que está começando a fazer Cheesecakes por encomenda  [aliás, lindos!] veio me contar que todo mundo assustava com os preços que ela colocava, apesar de serem valores justos. Justos porque Cream cheese é caro! Eu não perguntei quanto de cream cheese ela usava por Cheesecake, mas sei que nas minhas melhores receitas a quantidade desse ingrediente é sempre grande - no mínimo 750g - o que dá pelo menos uns 20 reais. Só no cream cheese.
É por isso que sempre que alguém vem com o papo de que está com vontade de Cheesecake mas não sabe fazer nem onde encomendar, eu já digo que o dia em que eu fizer eu chamo pra comer. De coração mesmo: prefiro compartilhar um Cheesecake com amigos [e ver a cara de feliz que eles ficam depois da primeira fatia] do que tentar baratear a receita e acabar com a graça dela.
É por isso também que Cheesecakes são feitos bem de vez em quando aqui em casa [normalmente quando o cream cheese entra em promoção - dessa vez estava por 3 reais a caixinha!], o que torna o negócio todo um ritual mesmo, quase data festiva [o que acaba sendo ótimo também por outro detalhe: Cheesecake não é nada light, né? Não dá pra comer toda semana. Ou dá?].
Outra coisa sobre meus Cheesecakes: não gosto de desperdiçar meu precioso cream cheese combinando-o com ingredientes maios ou menos - já que é uma ocasião especial, tento usar ingredientes complementares os melhores possíveis! Por isso, quando chegaram aqui as três barras de Chocolate Lindt 72% Cacau vindas da Bless Importados [corre lá que ainda tem! www.blessimportados.com.br] eu não tive dúvidas - Cheesecake de Chocolate. 
Sobre esse Cheesecake, um único comentário: tive que congelar o restante depois da segunda fatia. Havia o sério risco de comer ele todo! Espero que vocês também corram esse 'risco' ;)



Cheesecake de Chocolate
[receita retirada daqui]

Ingredientes para a base:
250g de biscoitos de chocolate de boa qualidade [boa qualidade mesmo, bem escurinhos!];
1/2 colher de chá de canela em pó;
100g de manteiga sem sal, derretida.

Ingredientes para o recheio:
250g de chocolate amargo picado [usei Lindt 72% cacau];
3/4 de xícara [155g] de açúcar refinado;
3 ovos;
750g de cream cheese em temperatura ambiente [não pode ser o light, ok?];
2 colheres de sopa de cacau em pó, peneirado;
1 colher de chá de extrato de baunilha;
600ml [usei 500ml - 2 e 1/4 xícaras] de sour cream*;

Cacau em pó e raspas de chocolate, para servir.

Prepare a base:
Unte com manteiga uma fôrma redonda de bordas altas e fundo removível de 24cm de diâmetro.
No liquidificador ou  processador, bata os biscoitos até formar uma farofa grossa. Adicione a canela em pó e a manteiga derretida e pulse para a mistura umedecer uniformemente. Transfira a mistura para a fôrma preparada e, pressionando com as costas de uma colher, espalhe a mistura pelo fundo e por 2/3 da altura das laterais [eu optei por só cobrir o fundo por uma questão estética]. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos.

Prepare o recheio:
Preaqueça o forno a 150/160 graus.
Derreta o chocolate em banho-maria, tomando cuidado para que a água do banho não ferva e para que o vapor não suba até o chocolate [o segredo é que o refratário com o chocolate seja mais largo que a boca da panela]. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, usando o garfo 'pá' ou ´leque', bata o açúcar e os ovos até formar um creme claro e fofo. Adicione o cream cheese e bata até incorporar bem. Usando uma colher grande de metal, misture enquanto adiciona o chocolate derretido, o cacau em pó peneirado e a baunilha. Junte o sour cream* e misture até ficar homogêneo.
Despeje essa mistura sobre a fôrma com a massa de biscoitos e alise a superfície. Asse por 1 hora, até que o cheesecake esteja firme, mas com o centro levemente mole [balançando a fôrma suavemente, só o meio do cheesecake deve balançar também]. Com cuidado, passe uma faquinha sem serra por toda a volta do Cheesecake, para que ele desgrude da fôrma.
Desligue o forno, deixe a porta entreaberta [com o cabo de uma colher de pau] e deixe o cheesecake lá dentro até esfriar completamente [passar a faquinha nas bordas e deixar o cheesecake esfriar dentro do forno faz com que não apareçam rachaduras na superfície, enquanto ele esfria].
Depois de frio, cubra com filme plástico e leve para gelar por duas horas.
Na hora de servir, desenforme o cheesecake, peneire cacau em pó por cima e decore com raspas de chocolate.

*Apesar de terem me contado, recentemente, que há supermercados onde se encontra o sour cream industrializado no Brasil, eu utilizo o sour cream caseiro: Para 500ml de sour cream, amorne levemente [só para 'quebrar o gelo' mesmo] 500ml de creme de leite fresco. Passe para uma tigela de vidro e adicione 3 ou 4 colheres de sopa de suco de limão. Misture até começar a engrossar e deixe descansar, em temperatura ambiente por pelo menos uma hora. [eu deixo de um dia para o outro - o creme azeda e engrossa bastante]. Conserve na geladeira.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Resultado! Concurso Cultural Dia das mães com a Rua do Alecrim


Domingo é dia das mães e você ainda não escolheu o presente, certo? Esse post é para te ajudar!

A Rua do Alecrim [www.ruadoalecrim.com.br] é um empório gourmet com uma filosofia de potencializar, no ato de cozinhar, seu caráter coletivo, criativo e inspirador: cozinhar é reunir pessoas, é bater papo, trocar experiências, conhecer novos ingredientes e descobrir a história que cada receita carrega consigo. O site é lindo e os produtos, vindos de várias partes do mundo, são incríveis e de ótima qualidade!

Pensando no dia das mães, a Rua do Alecrim bolou cinco kits temáticos [Kit Mãe Torrão de Açúcar; Kit Mãe Mil Amigas; Kit Super Mama; Kit Mãe Pé na Estrada e Kit Mãe Gourmand], conforme perfis de 'mães gourmets': a louca por doces, aquela com vontade de conhecer as novidades do mundo, a super sofisticada nos ingredientes, a matrona italiana, e por aí vai. Certamente você vai reconhecer sua mãe em um deles!
Bom, minha mãe é confeiteira, então foi fácil pensar no Kit Mãe Torrão de Açúcar como perfeito pra ela. 
A Mãe Torrão de Açúcar adora um doce, faz maravilhas de sobremesa, não consegue viver sem abraço e vive pedindo beijo. E o kit vem em uma caixa de madeira recheada com:
     _Geléia de Pétalas de Rosas Butler's Grove Dart Valley 227g;
     _Bala francesa Berlingots Pinson 150g;
     _Flor de Sal Noirmoutier 125g;
     _Minibox misto de Chocolates AMMA 30g;
     _Chocolate Suíço Swiss Dream 100g;
     _Biscoito italiano Crunch Limone Deseo Toscana 115g;


Quer dar um para a sua mãe também? 
É facil fácil: me convença, com uma frase nos comentários DESTE post do porquê sua mãe também merece ganhar um Kit Mãe Torrão de Açúcar? Junto você coloca seu nome e e-mail, e fica torcendo!

Só vale uma frase por pessoa e o prazo para você enviar a sua é 14h00 de quarta-feira, dia 8 de Maio. E no fim da tarde eu conto quem vai ser a mãe sortuda! [ah, e tem que ter um endereço no Brasil, para poder participar, tá?].
Além disso, comprando algum dos kits especiais para dia das mães lá na Rua do Alecrim, você, leitor d'A Cozinha Coletiva, ganha 10% de desconto: no momento de finalizar a compra é só você preencher o campo 'cupom de desconto' com o código RDACOLETIVA e continuar normalmente. Bom, hein? ;)

Pensa aí e boa sorte! :D

Atualização
[quarta-feira, 08/05/13, 17h05]

Queridos leitores, muito obrigado por todos os comentários e pelas frases tão lindas.. sério, me emocionei com várias delas! Adorei poder compartilhar um presente com vocês, e por isso agradeço também à Rua do Alecrim, e espero que em breve possamos fazer outros concurso como esse! Parabéns adiantado a todas as mamães [e vovós, porque não?].
Foi muito difícil escolher uma só resposta, mas como é preciso, a Mãe Torrão de Açúcar vai ser a mão da Lygia, com a seguinte resposta:

           "Minha mãe tem o dom de transformar comida em magia...inventa, colore...perfuma nossa casa, enche a nossa vida. É na cozinha onde temos nossos momentos mais amigos, onde encontramos nossas respostas, onde compartilhamos angústias, sonhos e conquistas numa xícara de café e numa torrada com geléia...é na cozinha onde ela mete o bedelho na minha sopa e na minha vida, onde me dá conselhos, onde me mostra o caminho. E agora, ainda mais especiais são nossos momentos a três, sentadas no fim da tarde, mãe-filha-neta, nesse momento nosso, sagrado e cotidiano, quando, pela primeira vez a neta se inventa, onde eu me descubro como mãe, descubro minha mãe-vó e minha mãe se reinventa, se redescobre, numa eterna brincadeira de roda a três. 
Como ela é uma super-mãe que se tornou a maior vovó-torrão-de-açúcar, nada melhor do que essas delicinhas pra deixar o nosso café da tarde ainda mais especial!"


Lygia, parabéns! Estou enviando um e-mail para você, solicitando seus dados. Quanto mais rápido você responder, mais rápido o Kit chega na sua casa!

Caso a Lygia não responda até amanhã, quinta dia 09, meio-dia, outra resposta e outra mãe serão escolhidas.
Mais uma vez muito obrigado, adorei conhecer um pouco do carinho que cada leitor tem com sua mãe! Foi lindo :)

Atualização
[quarta-feira, 08/05/13, 17h34]

Ahhh, e para quem não ganhou, temos uma surpresinha: a Rua do Alecrim disponibilizou o desconto de 10% para a compra de qualquer produto da loja, até segunda-feira, dia 13 de Junho! Basta entrar no www.ruadoalecrim.com.br, escolher os produtos e no momento de finalizar a compra você deve preencher o campo 'cupom de desconto' com o código RDACOLETIVA e continuar normalmente. :D