segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Chess Pie de Maracujá e Limão


Olás, tudo bem?
Eu tenho uma séria dificuldade com redes sociais. Demorou bastante para eu entrar no Facebook, mais ainda para criar a fan page d'A cozinha Coletiva. Entrei logo no Twitter, mas logo parei de me comunicar por lá com frequência. Instagram eu só fui ter quando meu irmão, todo ligado em tecnologias, trocou de celular e me deu o antigo aparelho dele, que era desses que acessava internet. Criei o Instagram mas nunca achei muita graça, até porque a câmera do celular era tão ruinzinha que o único modo de postar boas fotos era tirar com a câmera, passar pro PC, dele para o celular, e aí postar. Fora que em eventos eu nunca tinha a malícia de sair fotografando com o celular, nem procurando hashtags oficiais. Preferia levar minha câmera mesmo, e assim minhas imagens nunca eram 'em tempo real'. Acho que os organizadores dos eventos não gostavam muito disso. 
Cá entre nós, para uma atividade que é um hobby, administrar o blog mais esse monte de redes sociais acaba sendo bem trabalhoso. E basta criar o perfil em uma delas que imediatamente surge outra, nova. Ah, não. Não me esperem em Snapchat, Periscope, e seja mais o que aparecer. Não dou conta.
Agora que finalmente estou com um celular daqueles da maçã, que tem uma câmera bem melhorzinha, estou me divertindo um pouco com o Instagram. Percebi que é um ótimo recurso para "making of" das receitas e das fotos oficiais que vão para o blog, além de ser uma janela pra cenas e imagens que eu goste, seja de comida ou não. 
Mas confesso: ainda prefiro mil vezes admirar uma foto grande, trabalhada, em alta, numa tela de pc ou impressa, do que aquela fotinha minúscula, que não precisa de resolução porque só aparece num quadradinho. Acho que estou ficando velho.
Falando da receita de hoje, é um clássico levemente tropicalizado. As Chess Pie são tortas cremosas assadas clássicas americanas, que podem ser simples ou com adição de sabores como chocolate, coco, frutas cítricas ou caramelo. Eu incrementei uma boa receita de Chess Pie de Limão  com um pouco de polpa do nosso maracujá, e ficou incrível! Espero que gostem!


Chess Pie de Maracujá e Limão
[receita levemente adaptada daqui, rende uma torta de 23cm de diâmetro]

Para a massa:
1 e 1/4 xícaras de farinha de trigo;
1 e 1/2 colheres de chá de açúcar;
1/2 colher de chá de sal;
110g [1/2 xícara] de manteiga sem sal gelada, picada em cubinhos;
1/2 xícara de água bem gelada;
2 colheres de sopa de vinagre de maçã.

Para o recheio:
Raspas de 1 limão siciliano;
1 e 1/2 xícaras de açúcar;
1 colher de sopa de fubá;
1 colher de sopa de farinha de trigo;
1/2 colher de chá de sal;
5 colheres de sopa [75g] de manteiga sem sal, derretida;
5 ovos;
2/3 xícara de creme de leite fresco;
1/2 xícara de suco de maracujá sem as sementes [prefira o fresco];
1/4 de xícara de suco de limão siciliano;
1/2 colher de chá de extrato de baunilha.

Para servir:
2/3 de xícara de creme de leite fresco gelado, batido em picos médios.
Frutas vermelhas [morangos ou amoras ou framboesas] frescas, para decorar [totalmente opcional, né?].

Prepare a massa:
Em uma tigela misture farinha, açúcar e sal. Junte os cubinhos de manteiga e amasse, com as pontas dos dedos, até formar uma farofa úmida e grossa. 
Em uma tigelinha misture a água gelada com o vinagre e adicione colheradas dessa mistura à farofinha de manteiga, o suficiente para, amassando, conseguir formar uma bola de massa - normalmente 4 colheres de sopa de água já são suficientes. Não trabalhe demais a massa.
Forme um disco com ela, envolva em filme plástico e leve à geladeira por pelo menos meia hora.
Retire a massa da geladeira e abra sobre uma superfície limpa e enfarinhada, usando um rolo de macarrão também enfarinhado. Abra até conseguir um círculo de mais ou menos 26cm de diâmetro.
Forre uma forma de torta de 23cm de diâmetro com a massa. Apare as bordas com uma tesoura e aperte com os dedos, ou pressionando com um garfo, para dar acabamento.
Leve a fôrma ao freezer, para endurecer enquanto prepara o recheio.

Prepare o recheio:
Preaqueça o forno a 170 graus. Se você tiver uma pedra de forno, coloque-a para aquecer junto, com a gradinha do forno na altura média. Se não tiver a pedra pode ser uma assadeira retangular baixa.
Em uma tigela grande misture as raspas, o açúcar, o fubá e a farinha. Junte a manteiga derretida e misture bem, com uma espátula ou colher de pau. Adicione os ovos, um a um, misturando bem após cada adição. Misture bem o creme, até que ele fique com uma cor mais clara. Então adicione o creme de leite fresco, o suco de maracujá, o suco de limão e a baunilha. Prove uma pontinha de colher do creme - se não estiver azedinho, adicione mais algumas gotas de suco de limão.  

Retire a massa, já firme, do freezer, recheie com o creme preparado e leve ao forno, sobre a pedra ou assadeira. Asse por 30 minutos, então gire a torta 180 graus dentro do forno e asse por mais 15 ou 20 minutos. A torta estará pronta quando as bordas do recheio estiverem crescidas e o centro ainda levemente mole, e com uma cor dourada clara.
Retire a torta do forno e deixe esfriar sobre uma grade por 3 ou 4 horas.
Sirva imediatamente ou conserve na geladeira.
Para servir, espalhe o creme de leite fresco batido sobre o centro da torta ou sirva colheradas sobre as fatias individuais.


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Torta de Mel ...com uma pitada de sal



Olás, e feliz ano novo! :)

Para começar bem esse novo ano de receitas nada melhor do que assar uma torta, que é uma das coisas que mais gosto de fazer na vida. E para que 2016 seja um ano doce, então que seja uma Torta de Mel.
Pois é, resolvi fazer uma faxina de ano novo na cozinha e achei, no fundo do armário, um litro de mel de flor de laranjeira quase pela metade, que alguém possivelmente comprou pra curar gripe e depois esqueceu ali. E, por sorte, ainda não estava açucarado. Isso me fez lembrar de uma torta de mel que eu tinha feito uns anos atrás, com textura de pudim e uma boa polvilhada de flor de sal por cima, para quebrar a doçura. Na época acho que as fotos não ficaram boas e a receita não veio para o blog, mas agora poderia vir!
Para a massa, eu tinha apenas 50 gramas de manteiga, o que era pouco. O jeito foi completar com gordura vegetal [não margarina, que é cremosa, mas aquela branca e dura, vendida em pacotes], coisa que faz tempo que eu tenho evitado de utilizar. Mas, por mais que eu defenda o uso da manteiga, é preciso dar o braço a torcer - a gordura vegetal dá uma textura flocada e leve incrível à massa de torta. É notável a diferença. Por isso, cá entre nós: prefira manteiga. Mas de vez em quando um bem-bolado de manteiga e gordura vegetal não faz mal a ninguém [e faz muito bem à crosta da sua torta].
Massa pronta, o resto é fácil: misturar todos os ingredientes do recheio, rechear a massa e levar ao forno. Depois é esfriar e espalhar o sal.
Espero que gostem!


Torta de Mel... com uma pitada de sal
[receita levemente adaptada daqui, rende uma torta de 23cm de diâmetro]

Ingredientes para a massa:
1 e 1/4 xícaras de farinha de trigo;
1 e 1/2 colheres de chá de açúcar;
1/2 colher de chá de sal;
110g de manteiga sem sal bem gelada, picada em cubinhos [usei metade manteiga, metade gordura vegetal];
1/2 xícara de água gelada;
2 colheres de sopa de vinagre de maçã.

Ingredientes do recheio:
1/2 xícara de manteiga sem sal, derretida;
3/4 de xícara de açúcar [usei quase 1/2 xícara, apenas];
1 colher de sopa de fubá;
1 colher de chá de extrato de baunilha;
1/2 colher de chá de sal;
3/4 de xícara de mel;
3 ovos;
1/2 xícara de creme de leite fresco;
2 colheres de chá de vinagre branco;
1 colher de sopa de sal em flocos [usei flor de sal moída], para polvilhar.

Prepare a massa:
Em uma tigela misture farinha, açúcar e sal. Junte os cubinhos de manteiga e amasse com as pontas dos dedos até formar uma farofa úmida. Em uma tigelinha misture a água gelada com o vinagre e adicione colheradas dessa mistura à farofa de manteiga,  misturando apenas até conseguir formar uma bola com a massa, sem amassar demais. Normalmente umas 3 ou 4 colheres de água já são suficientes.
Forme uma bola com a massa, achate essa bola para formar um disco e envolva o disco em filme plástico. Leve à geladeira por pelo menos meia hora.
Retire a massa da geladeira e abra sobre uma superfície limpa e levemente enfarinhada, utilizando um rolo, até conseguir um círculo de 26cm de diâmetro, mais ou menos.
Forre uma fôrma de torta de 23cm de diâmetro com a massa, apare as bordas com uma tesoura e aperte, com os dedos ou pressionando com um garfo, para dar acabamento.
Mantenha a fôrma no freezer enquanto prepara o recheio, até ficar dura.

Prepare o recheio:
Preaqueça o forno a 190 graus. Passe a gradinha do forno para o apoio mais baixo, e coloque uma pedra de forno ou uma assadeira retangular baixa sobre ela, pra aquecer junto.
Em uma tigela misture a manteiga derretida, o açúcar, o fubá, a baunilha e o sal. Junte o mel e misture bem. Adicione os ovos, um de cada vez e misturando bem após cada adição, até ficar bem homogêneo. Por fim, junte o creme de leite e o vinagre e misture até incorporar e a mistura ficar clara.

Recheie a massa gelada com essa mistura e leve ao forno por 30 minutos. Depois disso, gire a torta a 180 graus, para a parte de trás ficar para a frente, e asse por mais 15 ou 20 minutos, até as beiradas do recheio estufarem e o meio ficar ainda meio mole.
Retire a torta do forno e  deixe esfriar completamente, por umas três horas. 
Na hora de servir, espalhe o sal por cima.
Conserve a torta na geladeira.