quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Churros ao Chocolate, da Nigella



Olás, tudo bem?!
Quando eu era criança havia um carrinho de churros no jardim da matriz. Sábado a noite passear no jardim da matriz era o único programa da maioria das famílias com crianças: os pais e mães ficavam nos bancos, conversando, e nós correndo e brincando por ali por perto. A gente podia comer pipoca do carrinho do pipoqueiro [sem pimenta!] ou tomar sorvete de palito [sempre de uva!] no cinema na esquina da praça, mas os churros eram terminantemente proibidos: davam dor de barriga, eram encharcados de óleo, de massa pesada, enjoativos, mal-feitos, sem higiene, e por aí vai. Eram tão mal falados que ninguém nem tinha vontade de pedir churros, até as crianças torciam o nariz.
Eu não sei bem qual o motivo real dessa proibição, já que o carrinho de churros permanece funcionando até hoje, mas em consequência disso fui provar churros pela primeira vez com uns 17, 18 anos, já na faculdade. Foi quando me dei conta do que eu tinha perdido, todos esses anos sem churros.
Mesmo assim, não sei porque também, sempre achei que churro fosse um doce difícil demais para se fazer em casa [talvez pela 'seringa' especial usada para moldar os churros e recheá-los]. Churro era pra se comer na rua e ponto, até que dia desses Nigelíssima apareceu fritando pequenos churros dourados e mudou tudo! Até duvidei da receita dela, confesso - medo de que fosse uma adaptação facilitada - mas não, era praticamente isso mesmo! Fácil fácil, sem seringa nem nada! E ao invés do recheio complicado de se colocar dentro, as massinhas eram, a cada mordida, mergulhadas em ganache de chocolate! Pecado mortal, algo tão simples de se fazer e tão delicioso, não?!
Espero que gostem, tanto quando a minha família de torcedores-de-nariz-para-churros gostou!

Churros ao Chocolate, da Nigella
[receita daqui, rende 12 churros de aproximadamente 14cm cada]

Ingredientes para a massa:
250g de farinha de trigo;
1 colher de chá de fermento em pó;
1 pitada de sal;
2 colheres de sopa de azeite de oliva;
450ml de água fervente.

750ml de óleo de canola para fritar;
1/2 xícara de açúcar refinado e 1 colher de sopa de canela em pó para passar os churros.

Para o molho de chocolate:
200g de chocolate amargo picado;
50g de chocolate ao leite picado;
2 colheres de sopa de glucose de milho;
300ml de creme de leite.

Prepare o molho de chocolate:
Em uma panelinha pequena de fundo grosso junte os chocolates picados, a glucose e o creme de leite e leve ao fogo baixo, mexendo com uma colher, até que o chocolate derreta e a mistura se torne homogênea, com cuidado para não ferver. Apague o fogo e reserve.

Prepare os churros:
Em uma tigela grande, peneire a farinha, o fermento e o sal. Misture a água fervente com o azeite e adicione à mistura de farinha. Mexa bem com uma colher de pau até incorporar todo o líquido [a massa fica dura, como massa de coxinha, levemente grudenta]. Deixe descansar por 10 minutos.
Em uma panela de fundo grosso e de boca larga coloque o óleo para aquecer [será fritura por imersão, por isso tanto óleo]. O óleo deve aquecer até 170 graus [ou faça o teste adicionando um pedacinho de miolo de pão, que deverá ficar dourado em 30 segundos, sem queimar]. 
Agora você vai precisar de uma tesoura e um saco de confeitar com bico tipo pitanga aberta grande [parece besteira, mas o formato é importante - as dobrinhas do bico pitanga aumentam bastante a área de contato da massa com o óleo, deixando o churro mais sequinho e crocante]. Passe toda a massa para o saco de confeitar e esprema os churros diretamente sobre o óleo quente, cortando com a tesoura quando alcançar o tamanho desejado [fiz os meus com 14cm mais ou menos, mas você pode fazê-los curtinhos]. Frite 3 churros por vez, por uns 4 minutos até ficarem dourados de todos os lados.
Retire os churros do óleo e escorra em papel absorvente.
Passe cada churro na mistura de açúcar e canela, batendo levemente para tirar o excesso, e sirva imediatamente, acompanhados do molho de chocolate [que pode ser reaquecido na hora de servir].



43 comentários:

  1. Zizuis!!!! Ainda estou na metade do caminho das torradas francesas e já estou com os olhos grudados nesse novo post... Que delícia! É claro que vamos fazer!!! Adoro teu blog, Richie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elanie! Nossa, difícil escolher entre as torradas francesas e os churros, hein?kkk Se fizer me conta depois, tá? beijo e mto obrigado!

      Excluir
  2. Richie ficou literalmente de lamber teclado, perfeito aos meus olhos e paladar.rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigado, Teresa! Quem bom que gostou, bjão pra vc!

      Excluir
  3. Olá Richie, interessante vc falar sobre esse preconceito com churros de rua, mas na minha casa era a mesmo coisa, só comi churros pela primeira vez, já quase adulta!
    Tbm tenho "medo" de prepará-los em casa, embora tenha comprado até a seringa própria! Assim que adquiri o último livro da Nigella, reparei nos mini churros e agora posso experimentar, já que vc aprovou!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que por ser comida de rua E fritura, é super evitado pelos pais, né Cristina? A gente nunca sabe se o óleo está velho.rsrs. Que bom q te empolguei a tentar, abraço e mto obrigado!

      Excluir
  4. Olá Richie,

    já tinha visto esta receita nos videos da Nigella e lembro-me de pensar que um dia destes tenho de experimentar. :)
    Os teus churros ficaram muito apetitosos.

    Beijinho
    Sofia
    http://paladarescompanhia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, faça, Sofia, é bom demais, viu? Dá até saudade!rs

      bjo, obrigado!

      Excluir
  5. Ah, tá bom Richie!!! Será que eu acerto? Mesmo sendo - parecendo ser - simples assim...
    Churros pra mim são como macarrones, para comer os que compro, porque até hoje foram as únicas maravilhas culinárias que não consegui fazer!!!
    Mas olha, vou tentar, e venho aqui pra te contar, combinado?
    Obrigada por compartilhar conosco, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acerta sim, Juni! É realmente simples! Espero que aí na sua casa tb dê certinho! Abraço e obrigado!

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Fiz churros uma vez, mas não ficaram tão bons assim haha. Eu só como churros na rua, porque sempe tive medo de faze-los em casa, mais por conta dessa massa. Mas vou tentar. Vi um vídeo que ensinava a fazer os churros com garrafa pet, e como eu não tenho saco de confeitar fnem a seringa foi bem útil. Vou fazer essa receita com a dica da garrafa pet..

    Um abraço, adoro teu blog Gosto um bocado de vc também haha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uia, usando a garrafa de saco de confeiteiro, Paulo?! Esse povo é mesmo criativo!rs
      Me conta depois se funcionaram - a receita e a garrafa!

      Abraço e mto obrigado!

      Excluir
    2. tamb´ém fiquei meio surpreso haha. Vou fazer ainda essa semana e te conto sim. ^^

      Excluir
  8. Mais uma sobremesa que eu adoro, perfeito!
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/10/dia-um-na-cozinha-e-escolha-do.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, Susana! :D
      Que bom que gostou, mto obrigado!

      Excluir
  9. ADORO churros...
    esses parecem tudo de bom e bem mais fácil de fazer. Eu sempre faço, e dá um trabalhão para rechear, assim é mais prático. Vou fazer, bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, rechear deve dar mesmo muito trabalho, né Diah? Mas sabe que por mais tentador que seja mergulha-los no chocolate, gosto muito deles tb puros, sequinhos só passados no açúcar e canela?!
      bjo e mto obrigado!

      Excluir
  10. O que é que é isso rapaz? Ficou de babar! Você merecia apanhar atentando a gente desse jeito!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Culpa da Nigella, não minha! hehehe Que bom q você gostou, mto obrigado viu? :)

      Excluir
  11. Oi Richie!! Venho bastante visitar seu blog, mas nunca comentei. Adoro teu blog e sua paixão por doces e sobremesas.
    Ao ver esses churros, quase tive um treco!! Sou tarada em churros!! Nunca fiz, acho que por medo ou achar que são difíceis de serem feitos.
    Resolvi escrever hj, pq eu tenho uma história bem engraçada sobre churros!! Ao contrário de vc, desde criança que como churros, mesmo a contra-gosto da minha mãe!!
    Qdo eu estava na faixa dos 12 anos de idade, eu e minha irmã voltávamos da escola de ônibus. E na parada de ônibus em frente a escola, tinha um carrinho de churros. Nós ficávamos loucas de desejo em comer os churros, mas o dinheiro era a conta da passagem. Um belo dia, sugeri à minha irmã que ao invés de pegar ônibus pra ir pra casa, compraríamos churros e iríamos a pé pra casa. E assim o fizemos... a caminhada era longa até em casa, uns 5km com mochila nas costas e eu ainda tinha que carregar a mochila da minha irmã. Com isso, passamos a fazer essa aventura uma vez por semana, sem que minha mãe soubesse, pois se ela descobrisse nem sei do que seria capaz de fazer!! E tem mais, qdo chegávamos em casa, tínhamos que almoçar tudo, pra ela não desconfiar. Fizemos isso durante bastante tempo e ela nunca descobriu!! Passados muitos anos, eu e minha irmã casadas, foi que resolvemos contar pra ela o que fazíamos!! Ela quase surtou!! rssss
    Enfim, com certeza essa é uma história que será contada aos nossos netos!!
    E nossa paixão por churros só aumentou!! Não podemos ver um carrinho de churros na rua que temos que comer!!
    Ah, vou experimentar fazer a receita!! Tenho certeza que ficou divina!!!
    bjão e parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahaha pra você ver como um doce vale o sacrifício! E ainda queimava as calorias com a longa caminhada, hein Ethienne?! adorei, muito obrigado por compartilhar sua história! Espero que faça os churros em casa e que fiquem tão bons quanto esses que valiam o sacrificio escondido!rs
      Mto obrigado, bjo!

      Excluir
    2. Nossa, era um sacrifício imenso mesmo!! Tinha dias que me arrependia, pois minha irmã reclamava o caminho inteiro que tava cansada e com as pernas doendo!!rsss
      Vou fazer sim, e tenho certeza de que ficarão mais gostosos do que os da infância, pois serão feitos com carinho!!
      Bjão!!

      Excluir
    3. Vou torcer! Bjo e obrigado! :)

      Excluir
  12. Oi Ritchie, quem não comeu churros na infância não viveu, rsrsrs.Até hoje sinto saudades do caminho da escola onde comprava os churros para comer no retorno pra casa.Seus churros ficaram lindos e me deixou com água na boca.Beijos querido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Léia, pelos comentários aqui to vendo que churros eram os campeões de venda na porta da escola! hehehehe Fico feliz que te deixaram com água na boca, beijo e muito obrigado! :)

      Excluir
  13. Oi Richie.

    Fiz churros uma vez apenas em casa e foi uma dor de barriga só kkkk Acho que mais pela quantidade de churros que foram devorados.
    A receita da Nigella é muito fácil e prática mesmo hein.
    Os seus estão como todas as suas receitas (que vemos por aqui neh kk) maravilhosos.

    Abraço

    ResponderExcluir
  14. Quase deixei de frequentar um blog que deu o endereço de um lugar que só faz churros próximo ao trabalho, aqui no Itaim. Agora aprendo a fazê-los aqui...é um complô...
    Forte abraço, Richie.

    ResponderExcluir
  15. Garooooto, as fotos não falam, gritam por si. Delícia de receita. Parabéns pelo capricho que nos enchem os olhos sempre. Bj, querido

    ResponderExcluir
  16. Mas quem é que torce o nariz a um delicioso churro cheio de chocolate?
    Eu não. :D
    Deliciosos, Richie. :;)

    Jota
    http://searchncook.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  17. Sou portuguesa e no entanto amo a cozinha espanhola. Essa receita está de dar água na boca! Obrigada por partilhares!*

    ResponderExcluir
  18. Oi Richie, achei essa receita muito boa. Estou tentada a fazer, amo churros de paixão! :P
    Mas me surgiu uma dúvida, gostaria de saber o tamanho do bico que você utilizou. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Humm, deu água na boca esta receita. Vou fazer!!!

    www.umdiasereichef.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Pelamordedeus, isso não é nem justo haha. To precisando de vários agora, que delícia :D

    ResponderExcluir
  21. Ai que atentado!!! Fiquei com água na boca!!!!

    ResponderExcluir
  22. Oi Richie, fiz os churros no fim de semana e...UAUUUU! sao perfeitos! Fiz a versão mini e rendeu muito...sem falar na praticidade né? Confesso que morria de preguiça de pensar em fazer os churros...agora, morro de medo de pensar nos quilos a mais que ganharei com esse docinho just perfect! Amei seu blog tb!!!

    ResponderExcluir
  23. Oi, Richie. Amei a receita!!
    Gostaria de fazer, mas minha irmã não come nada frito.
    Tu achas uma boa ideia adaptar a receita um pouco e tentar uma versão assada?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  24. Richie , depois de fritos , dá prá guardá-los ? Preciso consumir de uma só vez ? Obrigado :)

    ResponderExcluir
  25. Pelamordediós. Estou louca pra fazer churros faz um tempo já, mas acabo me enrolando :P Fui pesquisar receitas pra tomar vergonha na cara e logo lembrei dessa <3 Amanhã vou fazer - não vejo a hora :) Beijo, Richie.

    ResponderExcluir
  26. Olá, depois de fritos será que eles permanecem gostosos por mais tempo?
    Queria fazer para minha festa e como não tem como ficar fritando toda hora...
    beijos,

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós ;P