quarta-feira, 30 de março de 2016

Bolo Cremoso de Milho Verde



Olás, tudo bem?
Ontem quando minha tia chegou do sítio com dois sacos de espigas de milho verde para minha mãe eu tratei logo de separar umas dez para mim, já pensando em fazer bolo de milho. 
Eu nunca fui muito entusiasmado com doces de milho - pamonha doce sem queijo dentro eu gosto, já curau e sorvete acho muito enjoativo. Acontece que semana passada minha mãe tinha feito um bolo de milho daqueles que vai bagaço e o aroma do bolo assando me lembrou dos bolos cremosos de milho verde de Águas da Prata.
Águas da Prata é uma cidadezinha na divisa com Minas Gerais, pertinho de Poços de Caldas. Assim como Poços, no passado era famosa por turismo de águas termais e cassinos. Hoje, depois de um período de declínio, a cidade vem se reerguendo com o ecoturismo/ turismo de aventura. E é lá que engarrafam a água mineral Prata, que todo mundo conhece. Bom, quando criança eu viajava com meus pais todas as férias para lá, e em todas as viagens era obrigatório parar no Bosque da Prata para comer bolo de milho. 
O bosque é uma encosta de morro arborizada e com fontes de água mineral, cheio de barracas de artesanato e, essencialmente, de produtos de milho. O bolo de milho de lá sempre foi de arregalar os olhos: bem dourado por cima, quase queimado, e amarelo cremoso por dentro, feito pudim. Era vendido aos pedaços, uns quadrados que me pareciam enormes, ainda mornos, e perfumadíssimos! Que vontade de fazer um bolo como aqueles!
Mas o duro era encontrar a receita! Receitas típicas da roça as vezes parecem simples mais é puro engano: quase sempre não são precisas [afinal, o olho da cozinheira é que dá a medida] e muitas vezes acabam adaptadas para as facilidades da cidade e perdem toda a graça própria. 
Sorte que, como diz o ditado, quem tem amigos tem tudo: liguei pra Minas Gerais, pra mãe da Gi, minha amiga, e ela me passou a receita. Bom, dizer que ela me passou a receita é resumir demais a história, né? A mãe da Gi, uma senhorinha típica do interior de Minas, simpática e falante, me passou os ingredientes da receita da mãe dela. Passou também a versão que a manicure dela faz [na qual o milho não é coado e vqai com bagaço e tudo], me falou do bacalhau de Páscoa, da família que veio para comer, do destino do bacalhau que sobrou, de como se escolhe um bom bacalhau, dos filhos, dos netos, de se encontrar bichinhos no meio das verduras e legumes [eu contei do susto que levei ao encontrar uma lagarta dentro da espiga de milho], de que isso pode ser bom sinal de pouco veneno usado na plantação, do quanto ela é gulosa e por isso não faz muito doce em casa para não comer tudo sozinha e, principalmente, da importância de se ter sempre um pouco de 'cabornato' [bicarbonato de sódio] em casa, porque comer muito doce dá azia. Foi muita fofura!
Desliguei o telefone feliz de ouvir a boa prosa mineira da mãe da Gi [e olha que foram só dois dedinhos de prosa, ela tinha muito ainda o que contar, com certeza] e fui para a cozinha. 
E [alterando uma coisinha ou outra] fiz esse bolo.  Espero que gostem!


Bolo Cremoso de Milho Verde
[receita adaptada da vó da Gi, rende um bolo de 25cm de diâmetro].

Ingredientes:
De 8 ou 9 espigas de milho verde, descascadas, e limpas [devem render umas 7 xícaras de grãos de milho];
450ml de leite integral [usei 250ml de leite integral e 200ml de leite de coco];
2 xícaras de açúcar refinado;
3 ovos;
3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado fino;
3 colheres de sopa [45g] de manteiga sem sal em temperatura ambiente;
1/2 colher de chá de fermento em pó;
1 pitada de sal.

Canela em pó para polvilhar [opcional].

Prepare o bolo:
Preaqueça o forno a 200 graus.´
Unte com manteiga uma fôrma alta de 25cm de diâmetro. Reserve. [você pode assar o bolo também em uma fôrma grande de buraco no meio ou em uma forma média retangular - os tempos de forno podem mudar conforme a fôrma].
Sobre uma bacia grande e usando uma faca afiada, corte as espigas de milho na vertical, rente ao sabugo, para retirar os grãos. Você vai conseguir cerca de 7 xícaras de grãos. Descarte os sabugos e reserve os grãos.
Reserve também uma tigela grande com uma peneira grossa por cima.
No liquidificador coloque metade da quantidade de milho, metade da quantidade de leite e bata bem, até formar um purê - não precisa ter pressa. Despeje o purê sobre a peneira e bata o restante do milho com o restante do leite. Passe todo o purê pela peneira apertando bem, até que todo o líquido escorra para a tigela e só fique o bagaço seco do milho. Descarte o bagaço.
Ao caldo peneirado junte o açúcar, os ovos, o queijo, a manteiga, o fermento, o sal e misture bem até ficar homogêneo. A mistura fica bem líquida.
Passe a mistura para a fôrma preparada e leve ao forno por cerca de 45 minutos [o meu foram 41 minutos, mas pode demorar até uma hora] até o bolo dourar e firmar nas bordas, mantendo o centro ainda levemente mole.
Deixe esfriar antes de cortar - fica mais fácil cortar o bolo depois de frio.
Polvilhe canela para servir, se gostar.

44 comentários:

  1. Uma preciosidade essa receita das mineiras boas cozinheiras, Richie. Sou fã da culinária de Minas e um bolo assim, caseiro, é muito especial para mim.
    Mais uma receita para minha cozinha.
    Obrigada,Richie.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É incrivel como é muito mais fpacil encontrar receitas de sobremesas internacionais do que uma boa receita nacional típica caipira, Lylia! Por isso tb considero preciosidade!
      Mto obrigado, bjao! :)

      Excluir
  2. Nunca provei, mas está tão apetitoso! Parabéns!
    http://avidadenessy.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigado, Nessy! :)
      Recomendo mto provar hehe

      Excluir
  3. Sou fã de todos os pratos que o milho pode proporcionar, o bolo cremoso de milho verde representa um doce sabor tipicamente brasileiro e para mim carrega deliciosas lembranças da casa da minha avó materna. Ficou lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou, Cristina! Mto obrigado :)

      Excluir
  4. Está mesmo apetitoso. Humm..
    Bjs

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Olá! A foto está muito convidativa. mas fiquei com uma dúvida... você não usou farinha de trigo? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flávio, não vai farinha, mesmo. Abraço e mto obrigado!

      Excluir
  6. Com certeza 8 espigas nao rendem 7 xicaras....estou fazendo com milho congelado e para 4 xicaras tive que colocar uns 550 ml de leite para conseguir bater no liquidificador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luarcieri, tudo bem?
      Bom eu tinha aqui 9 espigas.. usei todas. Meu copo do liquidificador é graduado em xícaras, e bati em 2 vezes nele, uma na altura de 4 xícaras e outra na de 3. Então aqui funcionou a medida. Na dúvida, use 9 espigas ;)
      Mto obrigado, espero que tenha dado certo! :)

      Excluir
    2. Aproveitei e fiz uma pesquisa no Google: 1 xícara de milho = 154g. Uma espiga grande (19,7cm a 22,9cm) tem aproximadamente 143g de grãos de milho, e uma espiga média (17cm, a 19cm longo) 90g. Então acho que é mais ou menos isso mesmo, né?

      Excluir
  7. Richie, o leite de coco é industrializado e o parmesão é aquele de saquinho ou é o autêntico? Amo qualquer coisa com milho e preciso fazer esse bolo. Aqui em Salvador é bem comum pela manhã tomar mingau de milho verde ou de fubá :) Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarice, tudo bom? Olha, usei leite de coco industrializado e queijo de saquinho. Mas deve funcionar também com o leite de coco caseiro e parmesão autêntico, ou mesmo queijo canastra curado, etc. Parmesão autêntico eu confesso que teria um pouquinho de dó de usar no bolo, onde o sabor é bem secundário.
      Bjo, mto obrigado e por favor, me conte se der certo aí! :)

      PS: nunca tomei mingau de milho! Vou pesquisar ;)

      Excluir
  8. Só a foto já dá vontade de parar tudo e ir correndo para a cozinha; mas foi muito bom parar e ler o seu texto com calma. Que leitura prazerosa !!! Consegui imaginar esse telefonema e viajar para Minas e suas delícias !!!! Parabéns !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom, Carol! Mto obrigado mesmo! :)

      Excluir
  9. Estou apaixonada por seu blogdade! Seria bacana o transformar em um livro. Sou a Marcelina (confeiteira do gordices da Mah😊) Parabéns,com certeza irei fazer essa é tantas outras receitas.O conteúdo desse blog é riquíssimo. 👏😍😙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blog* (desculpe, corretor rsrs)

      Excluir
    2. Blog* (desculpe, corretor rsrs)

      Excluir
    3. Oi Marcelina, bem-vinda e muito muito obrigado pelo carinho! :) Quem sabe um dia vira livro, né?rs
      Bjo!

      Excluir
  10. Belíssimo!!!! vou fazer pro marido ele adora milho verde

    ResponderExcluir
  11. Belíssimo!!!! vou fazer pro marido ele adora milho verde

    ResponderExcluir
  12. Aqui onde moro a espiga de milho é cara, quase 2 reais cada (imagino que 18 reais apenas para 1 ingrediente de um bolo sai meio caro)... será se diminuiria muito a qualidade do bolo se eu usar milho verde enlatado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é melhor ou usar milho verde congelado [eu não sei quanto custa, nunca usei] ou procurar receitas de bolo específicas para milho verde de lata [milho em lata é cozido, diferente do de espiga que é cru]. Assim não tem perigo de perder a receita toda por causa da troca do milho, né? Tem várias na internet, só jogar no Google ;)
      Mto obrigado pela visita e pelo comentário!

      Excluir
  13. Da pra acrescentar farinha de trigo pra ficar maos fofinho e soltinho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor procurar uma receita de bolo de milho que fique macio e soltinho, e não cremoso, né? ;)

      Excluir
  14. Richie, uma mega dúvida (vergonhosa)... O milho vai cru mesmo? Não cozinha a espiga antes de cortar os grãos?? To mega ansiosa pra fazer, mas fiquei nessa dúvida kkkkk

    ResponderExcluir
  15. Ahahah nao tem como nao rir das tuas postagens... sao sempre tao simpaticas... Te imagino ouvindo alèm da receita, todas as historias da Vò da Gi! Saudades... saudades dos tempos que eu e minha familia iamos pra casa do meu avò, em Sobral, interior do Cearà... e ali tinha tudo isso... o milho pra fazer broa e bolo, o cafè sempre moido na hora... a manteiga boa.... o leite fresco... Muitas saudades. ADorei a receita e ja copiei.... pra matar as saudades ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Luiza, que comentário mais fofo! Que bom te remeter, com as minhas histórias, às tuas histórias e lembranças! Sinal que o objetivo do blog está sendo alcançado! Espero que o bolo dê certo por aí, e que tenho gostinho dos bolos da casa do seu avô! bjo e mto obrigado

      Excluir
  16. Saberia dizer porque tem vez que o bolo de milho verde fica amargo??

    ResponderExcluir
  17. Saberia dizer porque tem vez que o bolo de milho verde fica amargo??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ide! É o sabugo que deixa gosto amargo, então cuidado para não fazer força demais e raspar o sabugo, quando for cortar os grãos! ;)
      Mto obrigado pela visita!

      Excluir
  18. Jesus! Eu sempre gostei de bolo de milho feito com o bagaço na massa, mas esse teu eu vou ter de provar! Que coisa mais maravilhosa, deve ser muito gostoso. Teu blog é muito bacana! Vou acompanhar mais de perto. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigado, Paula! Espero que suas visitas aqui sejam sempre inspiradoras! Abraço :)

      Excluir
  19. PARABÉNS RICHIE!

    O seu Blog é muito especial! É MUITÍSSIMO ELEGANTE E AS IMAGENS QUE ILUSTRAM OS CONTEÚDOS POSTADOS SÃO EXCELENTES E APAIXONANTES PARA AMANTES DE CULINÁRIA COMO EU.
    SEM DÚVIDA É O MELHOR CANAL DE CONTEÚDO CULINÁRIO QUE JÁ CONHECI, DENTRE NACIONAIS E INTERNACIONAIS.

    ADOREI. ☆☆☆☆☆

    *VOCÊ POSSUI OUTROS CANAIS PARA QUE EU SIGA E RECOMENDE TODOS?

    AGUARDO SEU CONTATO.
    SHALOM
    FORTE ABRAÇO.

    ResponderExcluir
  20. PARABÉNS RICHIE!

    O seu Blog é muito especial! É MUITÍSSIMO ELEGANTE E AS IMAGENS QUE ILUSTRAM OS CONTEÚDOS POSTADOS SÃO EXCELENTES E APAIXONANTES PARA AMANTES DE CULINÁRIA COMO EU.
    SEM DÚVIDA É O MELHOR CANAL DE CONTEÚDO CULINÁRIO QUE JÁ CONHECI, DENTRE NACIONAIS E INTERNACIONAIS.

    ADOREI. ☆☆☆☆☆

    *VOCÊ POSSUI OUTROS CANAIS PARA QUE EU SIGA E RECOMENDE TODOS?

    AGUARDO SEU CONTATO.
    SHALOM
    FORTE ABRAÇO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigado, Drica! :D Tenho o Instagram e Facebook do blog, estão todos listados ali em cima, na faixa lateral direita. Abração!

      Excluir
  21. Acabei de tirar do forno!! Ficou lindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aeeeee viva! Que alegria, Patricia! Ele dá uma abaixada, viu? Espero que fique delicioso! Abraço e obrigado pela confiança!

      Excluir
  22. Oláa, fica com gosto do queijo né, igual broa de fubá? Eu não curto muito, poderia tirar o queijo sem problemas?
    Aiii, parece tão bom! hahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, olha, não fica não, viu? E nunca vi broa de fubá com queijo..rsrs. Mas se quiser pode tirar sim, vai ficar menos cremoso, eu acho
      Mto obrigado!rs

      Excluir

Seu comentário é muito importante para nós ;P