quinta-feira, 11 de julho de 2013

Madeleines



Olás, tudo bem?
Sabe quando você percebe que suas ressacas estão durando cada vez mais, e que você consegue beber cada vez menos? E que sair dois dias seguidos torna-se uma coisa impensável na sua vida? E, estranhamente, seus amigos agora te chamam para almoçar ou jantar, não mais pra tomar uma e botar o papo em dia? E quando você sai com eles, alguns levam seus filhos junto. Ou é você que vai à festinha da escola da filha de uma amiga e percebe que não dá para fumar lá dentro - e aparentemente ninguém mais fuma no mundo. Os assuntos, uma hora ou outra, acabam caindo sempre naquele 'lembra daquela vez?!', e algumas pessoas que você achava que te acompanhariam na vida passam a ser apenas  boas lembranças, enquanto outras [as vezes alguém totalmente inesperado] permanecem, firmes e fortes, ufa! 
Pois é, tudo isso são sinais da idade. E tem mais: daí seus amigos resolvem se casar, wow! E pela primeira vez toda a 'galera' estará reunida em uma festa de casamento, todos vestidos com roupa social [aquele papo de 'eu tenho meus estilo próprio' dançou] e dormindo em hotéis e não em colchonetes espalhados no meio da casa de alguém. Muita informação, né? Assusta? Ô se assusta! 
Mas no fim das contas, envelhecer tem lá seu lado bom, ainda mais se por perto estão pessoas passando pelo mesmo processo, junto com a gente, que se lembram dos mesmos bons momentos passados e que compartilham os planos dos futuros.
E essas Madeleines tem muito a ver com isso, desde que Marcel Proust registrou em 'Em Busca do Tempo Perdido' a sensação de retorno ao passado e o poder da memória gustativa desses pequenos bolinhos amanteigados e perfumados de limão. Claro que Madeleines não me traz lembranças da infância nem nada [a presença delas na minha vida é bem recente], mas já tenho duas boas memórias ligadas a elas: meus amigos que se casaram trouxeram um saco de Madeleines francesas da lua de mel, e ainda me emprestaram essa fôrma linda pra testar as versões caseiras. 
Espero que gostem!


Madeleines
[receita retirada do livro Ladurée Doces, rende 24 bolinhos]

Ingredientes:
 Raspas de 2 limões sicilianos;
3/4 de xícara mais 2 colheres de sopa [160g] de açúcar refinado;
4 ovos;
1 e 1/2 xícaras [175g] de farinha de trigo;
1 colher de sopa [10g] de fermento em pó;
180g de manteiga sem sal;
1 e 3/4 colheres de sopa [35g] de mel silvestre.

Açúcar impalpável para polvilhar [opcional].

Preparo:
A massa deve ser preparada na véspera.
Em uma tigela grande, misture as raspas do limão siciliano com o açúcar, apertando com as pontas dos dedos para liberar o sabor. Reserve.
En outro recipiente, peneire juntos a farinha e o fermento. Reserve.
Derreta a manteiga em fogo brando em uma panelinha pequena. Reserve.
Na tigela grande, bata [na batedeira ou usando um batedor de arame] o açúcar com as raspas, os ovos e o mel, até a mistura ficar com consistência de mousse. Acrescente a mistura de farinha, e incorpore bem. Por fim, junte a manteiga derretida e misture. Reserve a massa por no mínimo 12 horas na geladeira, dentro de um recipiente tampado.

No outro dia, unte a fôrma de conchas para Madeleines com manteiga amolecida, e leve à geladeira para a manteiga endurecer. Então polvilhe farinha de trigo, espalhando bem e bata para retirar o excesso.
Preaqueça o forno a 200 graus.
Preencha as conchas com massa até 3/4 da altura delas [eu utilizei um saco de confeiteiro com ponta redonda, para não fazer sujeira]. Leve ao forno por 8 a 10 minutos, até ficarem douradas e barrigudinhas.
Retire, deixe esfriar um pouco nas conchas e desenforme. Polvilhe o açúcar com uma peneira, se quiser.

Sirva as Madeleines mornas, ou deixe-as esfriar e guarde em um recipiente hermeticamente fechado.
Ah, o livro recomenda que mesmo fôrmas antiaderentes devem ser untadas e enfarinhadas.

39 comentários:

  1. Que lindas!
    Adorei a forma com que as fez.
    Incrível!

    Sempre um prazer retornar à sua página!

    :D

    Abraços

    http://receitaesperta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Priscila, fiquei feliz de vc ter gostado!
      Abraço :)

      Excluir
  2. Olá Richie,
    ficaram bem lindas estas madeleines, têm aspeto de fofinhas.
    Aposto que se agarrasse numa para comer, não iria resisitir aos "apelos" das outras que estão nas forminhas :)
    Já fiz uma receita de madeleines mas em forminhas de papel, porque ainda não comprei uma forma própria, o que na verdade tem outro encanto.
    As fotos estão lindas
    Bjns
    Isabel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca tinha feito justamente por não achar a fôrma certa, Isabel! Tenho dessas encanações..rs.
      Muito obrigado, bjo!

      Excluir
  3. Senti uma tristeza tão profunda neste seu relato Richie kk As vezes bate um exagero e a gente acha que o mundo vai acabar ou que temos 127 anos e nossa vida passou diante dos nossos olhos. O importante é sermos felizes em cada fase de nossa vida, a cada coisa que nos acontece. Ficaram muito lindas as Madeleines.

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas não é tristeza não, Augusto! É que quando a gente fala do que já foi sempre parece melhor do que realmente foi, né? E algumas coisas se perdem realmente no caminho, mas tanta coisa nova a gente acha, né? Mas não acaba, só muda. As aventuras continuam..rs.
      Muito obrigado e abraço pra você!

      Excluir
  4. Você escreve lindamente, tão lindo quanto suas madaleines!!

    ResponderExcluir
  5. Lindas! A mensagem e as madeleines... :)
    E novamente me identifiquei demais com seu relato. Realmente, tudo isso acontece numa determinada fase da vida. E tudo vai ficando tão nostálgico, e tão antigo e ao mesmo tempo tão novo. Mas é legal.
    Me orgulho de ter um "bons velhos tempos'' pra relembrar com os amigos.
    ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É legal sim, e é bom ter amigos que se lembram com a gente dos bons velhos tempos, né? Lembrar sozinho pode ser triste, mas lembrar com alguém é divertido!

      Muito obrigado |:)

      Excluir
  6. Oi Richie, texto perfeito e Madeleines fofíssimas, quero muito uma assadeira pra testá-las! Parabéns!
    bjo Tati

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu tb, Tati! Essa que usei é emprestada!rsrs

      bjo, mto obrigado!

      Excluir
  7. Oi Ric, adorei o texto! E ficaram lindas as madeleines! Guarda uma pra eu experimentar :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ô amore, que bom que gostou! Esse post é graças a vc e ao Pára, viu? bjo! Podexá que devolvo a fôrma cheia!

      Excluir
  8. Richie ,eu não tenho forma de madeleines - ainda - posso substituir por outra forma que eu tenho ?
    Elas ficam tão lindas assim é até maldade colocar em outra forma :(
    Texto lindo e com muitas verdades :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, acho que podem ser assadas na fôrma de cupcakes mesmo, ou de Financiers - mas que é um sacrilégio, lá isso é.. hahaha Brincadeira!

      Muito obrigado!

      Excluir
  9. Richie, o seu relato caiu como uma luva pra mim... hehehe... Tenho andado tão saudosista! E pra piorar eu me mudo muito, não "crio" raízes e então parece que a coisa fica um tanto mais acentuada. Vamos em frente, né?rsrs
    Linda as madeleines, adoro! Vou aproveitar que tenho os limões em casa e vou fazer.
    Bom findi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita Laine, saudosismo já é sintoma de idade! hahaha
      Mas vamos em frente sim! :)

      Que bom que você gostou, me conte do resultado, depois!

      Abraço e bom fds!

      Excluir
    2. Olá! Que receita maravilhosa, eu já tinha tentando umas três vezes fazer as madeleines e não ficavam sequinhas por fora. Essas não, ficaram divinas! Fiz em formas de silicone, então não precisei untar. Obrigada por postar esta receita tão bacana... Bjsss!

      Excluir
  10. PRECISO experimentar... vou comprar essa assadeira. As suas ficaram lindas! Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb preciso comprar uma dessas, Karen! rsrsrs Muito obrigado, bjo!

      Excluir
  11. Oi, que madalenas tão perfeitas!
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/07/4-edicao-do-projeto-escolha-do.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que gostou, Susana! E adorei a 'aportuguesação' do nome! Bjo e mto obrigado!

      Excluir
  12. Oi Richie!
    Sei exatamente do que vc está falando... De fato envelhecer assusta um pouco, mas tudo tem o seu lado bom. Para mim, o melhor de tudo é não se sentir com a idade que tenho e ter maturidade para encarar o que a vida me reserva. Surpresas tristes ou alegres, mas que sempre colaboram para o nosso crescimento! E por isso é que viver é tão bom! Não há monotonia...rs
    As suas madeleines ficaram douradinhas, perfeitas! Como tudo o que vc faz. Eu nunca as fiz, mas me animei para comprar uma forma dessas belezinhas!
    Receita anotadíssima!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cintya!
      O segredo está em esperar o que vem de novo mesmo, né? Afinal, do que lembramos é só o começo! rs
      Compra sim.. não são muito fáceis de achar, pela minha experiência, mas tomara que você tenha mais sorte!
      bjo e mto obrigado!

      Excluir
  13. Richie já pensei sobre isso que escreveu várias vezes, especialmente em dias de ressaca. rs... Acrescentaria aos convites para almoço/jantar os convites para um cafezinho. hehe... As madeleines ficaram lindas! Queria tentar fazer. Você sabe se dá pra fazer em outro tipo de forma? Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danusa, tem essa tb! Cafezinho, chá da tarde! hahaha Mas eu gosto!
      Tenta sim, dá pra assar em fôrma para cupcakes, ou de bolinhos individuais. Mas aviso: perde o charme! hahaha bjão!

      Excluir
  14. Suas fotos como sempre magníficas e nos convidam a vir aqui!A sugestão com receita da Ladureé é chiquérrima, amei a forma!
    Richie, como dizem, o importante é o caminho e envelhecer ou amadurecer como prefiro chamar, faz com que apreciemos melhor a paisagem!
    Tenha um lindo final de semana!

    ResponderExcluir
  15. O teu texto deu para pensar.. :)
    E que belas madeleines! Mesmo não tendo estado presentes na minha infância, as madeleines têm um ar tão "tornorento".
    Ficaram lindas, tenho que experimentar.
    Um abraço

    Jota
    http://searchncook.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  16. Oi Richie!

    Lindas madeleines, fotos perfeitas e texto como sempre, maravilhoso!
    Visitar teu blog é sempre um grande prazer!

    Beijos

    Nara

    ResponderExcluir
  17. Richie, adorei o texto, captou bem a essencia do amadurecimento. Eu estou adorando envelhecer, só não quero as rugas e os cabelos brancos rsrsrsrs.
    E madeleines são tão adultas não?
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Adorei esta receita, obrigada pela partilha!
    Gostei muito do seu blog e já o estou a seguir!
    Também pode visitar o meu cantinho: http://comidinhasdakelly.blogspot.pt/
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Ou, como diria o escritor "envelhecer é uma m...., mas prefiro isto à outra opção."
    a idade me trouxe uma certeza - a de que ainda tenho muito por fazer...
    forte abraço rapaz. hoje à noite vou encarar uma certa receita de torta de pêssegos aqui postada, vamos ver no que dá.

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia!

    Adorei essa receita, será que teria como eu fazer outros formatos de biscoito utilizando essa máquina?

    http://www.ktreko.com.br/details/BISSH04001ST000/maquina-de-biscoito

    Aguardo um retorno, pois estou pensando em comprar esta máquina, mas não tenho certeza se vou conseguir fazer essa sua receita muito deliciosa!

    ResponderExcluir
  22. Além de uma sala uma boa opção para ter um Suporte Nutricional um creme de Cenoura e Mandioquinha também é muito bom!

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós ;P