quinta-feira, 7 de julho de 2016

Madeleines de Cardamomo & Laranja


Olás, tudo bem?
Por aqui tá complicado. Eu já falei várias vezes aqui sobre a minha avó, né? Então, minha avó sofre de Mal de Parkinson  desde 2010, e essa doença, além do tremor característico, tem uma fase de delírios e alucinações. Começa com uma frasezinha estranha solta, uma mania de perseguição que aparece no fim de tarde, depois vozes imaginárias na tarde toda, depois o dia todo e por fim dia e noite, direto. Como se não bastasse, pouco mais de um mês atrás, fugindo dos seus bandidos imaginários, ela acabou caindo e fraturando o fêmur. A cirurgia foi um sucesso mas ela continua acamada, porque sua confusão mental dificulta a fisioterapia e a segurança para andar novamente. E como eu sou o único familiar que trabalha de casa, com horários flexíveis, estou cuidando dela junto com a minha tia, porque praticamente tudo precisa ser feito em dois. Parece ruim [e a idéia de um dia ter que fazer isso também parecia ruim para mim] mas no fundo faz a gente aprender bastante, além de ser um modo de devolver um pouco do tanto de cuidados que ela sempre teve comigo.
Como isso tudo exige muito tempo, tenho usado minhas horas livres para trabalhar como arquiteto, então não sobra muita coisa para o blog, por isso essa minha sumida por aqui. Mas com o tempo isso se normaliza, é mais pegar o jeito.

Falando agora de coisa boa, faz quase que exatamente três anos [olha que coincidência!] que minha amiga Bárbara me emprestou sua fôrma de Madeleines para eu testar umas receitas. Na época cheguei a ir até a loja onde ela comprou ver se tinha mais, mas aparentemente nenhum atendente sabia do que eu estava falando. Não pensei mais no assunto até que essa semana passei pela tal loja, entrei para olhar e achei a fôrma. Importada, custava bem caro, R$89,90. Fui para o caixa pensando 'será que eles parcelam?' e tive uma super surpresa: o preço tinha caído para R$29,90! Aproveitei!

Madeleines não tem segredos: são pequenos bolinhos amanteigados e super aromáticos, que assam em forma de concha do mar e ficam com uma barriguinha quando estão prontos. Tem mil variações de sabores para receitas de Madeleine, mas prefiro sempre as com toque cítrico. Nessa receita o cítrico/frutado/fresco da massa é dado pelo cardamomo e destacado pelo glacê de laranja, daqueles que açucaram e formam uma casquinha. Uma delícia, ainda mais se devorados mornos. Espero que gostem!



Madeleines de Cardamomo & Laranja
[receita levemente adaptada da Martha Stewart, rende 12 Madeleines padrão]

Ingredientes:
1/4 de xícara [50g] de manteiga sem sal;
1 colher de sopa de mel de boa qualidade;
1 colher de chá de extrato de baunilha;
3/4 de xícara de farinha de trigo;
1 colher de chá de fermento em pó;
3/4 da colher de chá de cardamomo moído;
1/4 da colher de chá de sal;
1/4 de xícara de açúcar;
2 ovos.

Manteiga para untar as fôrmas e farinha de trigo para polvilhar.

Para o glacê de cobertura:
3/4 de xícara de açúcar de confeiteiro;
1 colher de chá de raspas de laranja ralada bem fininho;
3 ou 4 colheres de sopa de suco de laranja.

Preparo:
Unte 12 cavidades para Madeleines com manteiga. Peneire farinha por cima, bata a fôrma para espalhar bem e retirar todo o excesso de farinha. Reserve.

Em uma panelinha pequena derreta a manteiga em fogo baixo. Apague o fogo e adicione o mel e a baunilha. Deixe esfriar por 10 minutos. Reserve.
Em uma tigela peneire a farinha, o fermento, o sal e o cardamomo. Reserve.
Em uma tigela grande bata ovos e o açúcar, até ficar levemente espumante e claro. Peneire a mistura de farinha por cima, misturando delicadamente com uma espátula. Junte a mistura de manteiga e continue mexendo, até ficar homogêneo. Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos. Preaqueça o forno a 170 graus.
Espalhe a massa nas cavidades da fôrma [eu prefiro fazer com um saco de confeiteiro sem bico, mas você pode colocar com a colher mesmo, se quiser], enchendo pouco mais da metade de cada uma.
Bata a fôrma na bancada, para desfazer possíveis bolhas de ar na massa.
Leve ao forno quente até que as Madeleines ganhem uma "barriguinha" no meio e fiquem douradas nas bordas.
Retire do forno e passe as Madeleines para uma gradinha, para esfriarem. 

Enquanto isso, a cobertura:
Em uma tigelinha junte o açúcar de confeiteiro e as raspas de laranja. Adicione o suco às colheradas, misturando bem após cada adição, até ficar um glacê bem grosso e homogêneo. Você vai ver que a quantidade de suco parece pouca para o glacê, mas é só insistir e misturar bem que funciona.
Pincele o glacê sobre as Madeleines ainda mornas.
Você pode servi-las assim ou deixar que esfriem e o glacê cristalize.

Se sobrar alguma para contar a hitória [acho difícil], conserve em recipiente fechado.

20 comentários:

  1. Poxa, que barra - e que serenidade, a sua. Saúde para sua vó e muita força pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha serenidade nem tanto, mas blz..rs. Mto obrigado Letrícia!

      Excluir
  2. que beleza!
    já tentei várias receitas, nunca com resultados que me agradassem 100%.
    tenho certeza de que esta vai ser a definitiva!
    a cara está ótima!
    :)))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Petita, mto obrigado!

      Tem outra receita aqui no blog, do livro da Ladurée, que tb é muito boa!

      Abraço :)

      Excluir
  3. Vim correndo pra ler a receita depois que vi a foto no seu Instagram. Acabei me encantando não só com as madeleines, mas com a delicadeza do post inteiro. Abs e boa sorte na sua jornada, Ana. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, poxa, mto obrigado! E que bom saber que o Insta te trouxe aqui ;)
      Abraçao!

      Excluir
  4. Oi! Não vai fermento na receita? Obrigada por compartilhar ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi! Não vai fermento na receita? Obrigada por compartilhar ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janis, vai sim, está especificado na lista de ingredientes ;) Abraço e mto obrigado!

      Excluir
  6. A forma era pra ser sua agora.Madeleines lindas, perfeitas!
    Qto a sua avó, te digo que esses cuidados nos ensinam muito, cuidei da minha mãe, sei como é...e quem sabe um dia precisemos ser cuidados, o universo vai lembrar.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Estou nessa mesma situação que vc, só que com meu pai e o dele é esclerose, é uma barra, mas que bom que a gente pode ajudar e devolver o carinho que recebemos deles, né? Me diga, qto tempo será que dura a madeleine? Deve ser boa para comercializar, né?
    Força prá vc com sua avó. Deus os abençõe!

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Que Deus abençoe sua vó e vocês que cuidam dela!

    ResponderExcluir
  11. Que Deus abençoe sua vó e vocês que cuidam dela!

    ResponderExcluir
  12. Que Deus abençoe sua vó e vocês que cuidam dela!

    ResponderExcluir
  13. Lindas e devem estar deliciosas como tudo que vc faz!

    ResponderExcluir
  14. Belissimas e bem gulosas.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/07/cupcakes-de-baunilha-2.html

    ResponderExcluir
  15. Obrigada por ser tão generoso compartilhando essa incrível receita, mesmo vivendo momentos difíceis como esse! Madeleines tem tudo a ver com doces lembranças!

    ResponderExcluir
  16. Lindas, dá logo vontade de provar umas quantas e a conjugação de sabores é perfeita :)
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós ;P