segunda-feira, 30 de maio de 2011

Enquanto isso...



Olá!
Enquanto encontro um tempo para poder cozinhar [esse fim de semana não existiu - trabalhei sábado e domingo], deixo as fotos de uma passada rápida na chácara onde mora minha amiga Andréia. Simplesmente um cenário perfeito!


Amanhã tem receita! :)

segunda-feira, 23 de maio de 2011

O que sobrou de um bolo...



Olás, pessoas!
Na noite de sexta para sábado o mundo não se acabou [porque diz que ia acabar, né?], então acordei cedinho para preparar um bolo de aniversário [da Claritcha, filhota fofa da minha amiga Lygia]. Quem me conhece sabe que fazer bolo grande é um verdadeiro tormento para mim - tenho medo que embatume, que derreta, que desmonte, que escorra, que fique seco, que fique molhado - enfim, não tenho segurança alguma pra isso.
Mas como era o bolo do primeiro aniversário da Clarinha [e como esqueci de avisar a mãe dela que bolos confeitados me dão enfarto] eu fiz. Com medinho, mas fiz.
E por sorte, e graças à Gi, que ficou ali segurando as pontas e me acalmando, coitada, o bolo saiu. Redondo, alto, de três camadas. Massa fofa, amarelinha e recheio com o doce do creme de leite batido com leite em pó e leite condensado contrastando com o azedinho dos pedaços de morangos frescos. Pois é, já tem morango barato nos supermercados, e estão bem bonitos, viu? 
O bolo deu tanta sorte que aguentou uma viagem pelas subidas e descidas da cidade, de fusca [ ! ], e no colo da minha amiga. E sabe que ficou bonito, todo branco com um buquezinho de mini-rosas por cima?

Então, mas continuando a história: depois de uma ligação perguntando se o bolo chegou inteiro, me acalmei [ufa!], peguei mais alguns morangos e aproveitei os restos do creme e uma metade de massa que tinha sobrado [fiz massa a mais para poder provar e saber se a textura estava boa, pode isso?!]. Resultado: uma sobremesa muito simples, mas com cara de chique, pra um sábado sem fim do mundo.

PS01: Quanto à receita, vou passar a quantidade para 12 pedaços grandões de bolo. Mas você pode assar duas massas [cortando cada uma na metade], dobrar os ingredientes do creme e dos morangos, e fazer um bolo grande, de três camadas.

PS02: Do bolo grande por enquanto ainda não tem foto, só da sobremesa improvisada com as sobras do preparo.



Bolo de festa de leite em pó e morangos

Para o pão-de-ló:
[peguei a receita da Tati, do delicioso Comida de Quinta, mas assei a massa em uma fôrma só e cortei no meio com uma faca de pão]

Ingredientes:
170g farinha de trigo;
2 colheres (sopa) amido de milho;
2 ½ colheres (chá) fermento em pó;
4 ovos, em temperatura ambiente;
200g açúcar refinado;
2 colheres (sopa) manteiga;
80 ml de água fervente.

Preparo:
Preaqueça o forno a 180 graus.
Unte com manteiga o fundo e as laterais de uma fôrma redonda de 24cm de diâmetro [a Tati usa duas fôrmas de 20cm, dividindo a massa]. Cubra o fundo com um disco de papel manteiga untado e polvilhe farinha nas laterais. Reserve.
Em uma tigela, peneire a farinha, o amido e o fermento. Misture e peneire novamente. Reserve.
Ferva a água, adicione a manteiga e mexa até derreter. Reserve.
Na batedeira, bata os ovos por uns 2 minutos. Adicione o açúcar a bta por mais uns 8 minutos, até ficar claro, leve e espumoso. Desligue a batedeira e peneire, mais uma vez, a mistura de farinha sobre a massa. Incorpore, usando uma colher de metal [usei um pão duro mesmo] cuidadosamente, mexendo de baixo para cima, sem bater. Adicione a mistura de água e manteiga e incorpore novamente, com delicadeza.
Distribua a massa na fôrma preparada, alise a superfície e leve ao forno, por mais ou menos 20 minutos. faça o teste: abra o forno [após 20 minutos] e pressione a massa levemente - a marca do seu dedo deverá permanecer, e enfiando um palito no centro, ele deverá sair seco.
Espere esfriar por uns 10 minutos. Desenforme retire o papel manteiga, espere mais uns 10 minutos e corte o bolo ao meio, usando uma faca de pão.

Eu usei 1/4 de xícara de leite condensado dissolvido em 3/4 de xícara de leite para umedecer a massa.

Para o recheio e cobertura:
[ingredientes para meia receita. Se você for fazer um bolo confeitado de camadas, dobre a quantidade dos ingredientes]

500ml de creme de leite fresco gelado;
2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro;
3/4 da lata de leite condensado;
Aproximadamente 1 lata de 400g de leite em pó de ótima qualidade.

2 caixinhas de morangos frescos, picados.

Preparo:
Bata 3/4 do creme de leite bem gelado com o açúcar. Quando estiver chegando no ponto de chantilly [picos firmes], vá adicionando o leite condensado aos poucos, e colheradas de leite em pó, batendo na velocidade média. Adicione o leite em pó até obter uma textura mais firme que creme chantilly, mas macia o suficiente para espalhar com uma espátula. 
Recheie o bolo com 3/4 do creme, cobrindo a camada de creme com uma camada de morangos picados.

Cobertura:
Bata o restante do creme de leite gelado em ponto de picos firmes, e misture delicadamente o restante do recheio. Use esse creme mais fofo e leve para a cobertura.

OBS: nas fotos, cortei a massa ao meio e não recheei, apenas cobri as fatias com o creme de cobertura e morangos picados. É mais simples, fica um visual bonito, e é igualmente delicioso.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Cupcakes de Chocolate e Amendoim


Hey!
Semana passada, quando eu comentei no Facebook que "paçoca é coisa dedeos", minha amiga Paula sugeriu uma combinação no mínimo deliciosa - chocolate e paçoca - para a próxima receita do blog.
Fiquei com aquilo na cabeça e no sábado, enquanto separava um pouco de cacau em pó e um pote de manteiga de amendoim, achei essa receita deliciosa de cupcakes.
Cupcakes?! Pois é, depois de séculos, pipoca uma receita deles por aqui! Cupcake já está quase demodê, né, mas quem se importa? Aqui em casa o sucesso dos bolinhos foi completo!
A massa de chocolate ganha, nessa versão, um recheio muito parecido com paçoca, só que mais molhadinho, e com sabor intenso de amendoim. E como se não bastasse, a cobertura fofa de creme de leite e manteiga de amendoim deixa tudo ainda mais gostoso. Tá bom pra você? Não? Então experimenta esfarelar uma paçoquinha por cima de tudo, só pra dar um tchan! Bom, né? Faz e me conta! 




Cupcakes de Chocolate e Manteiga de Amendoim
[massa e recheio retirados daqui. Rende 24 cupcakes, mas aqui rendeu 18]


Ingredientes da massa:
100g de manteiga amolecida;
1 colher de chá de extrato de baunilha;
1 e 2/3 xícaras de farinha de trigo;
3/4 de xícara de cacau em pó;
1 colher de chá de bicarbonato de sódio;
1/2 colher de chá de sal;
1 xícara de iogurte integral;
2 colheres de sopa de leite;
1 e 1/2 xícaras de açúcar;
2 ovos.


Ingredientes do recheio:
1/2 xícara de manteiga de amendoim cremosa, de boa qualidade;
2 colheres de sopa de manteiga amolecida;
2/3 de xícara de açúcar de confeiteiro;
1/4 de colher de chá de extrato de baunilha.


Ingredientes da cobertura:
200ml de creme de leite fresco;
4 colheres de açúcar de confeiteiro;
1/2 xícara de manteiga de amendoim cremosa, de boa qualidade;


Comece pelo recheio:
Bata todos os ingredientes na batedeira, em velocidade média, até formar uma massa homogênea e seca. Faça 24 bolinhas com a massa, e reserve na geladeira, sobre uma assadeira forrada de papel manteiga.


Prepare a massa:
Preaqueça o forno a 180 graus. Forre 24 forminhas de cupcakes com forminhas de papel. Reserve.
Em uma tigela combine farinha, cacau, bicarbonato e sal. Em outra, misture o leite com o iogurte e a baunilha. 
Em uma terceira tigela, bata em velocidade baixa a manteiga e o açúcar, até misturar. Aumente a velocidade da batedeira e bata por 1 minuto. Abaixe a velocidade e adicione os ovos, um a um, batendo após cada adição. Bata até a mistura ficar fofa e clara.
Adicione a mistura dos secos, alternando com a do iogurte, e terminando com a dos secos. Incorpore bem.
Distribua 1 colherada de massa em cada forminha. Coloque a bolinha do recheio no centro de cada uma e complete com mais massa, até chegar a pouco mais de 2/3 das forminhas. 
Leve para assar por 25 minutos, até os bolinhos começarem a rachar no topo.
Deixe esfriar completamente.


Para a cobertura: 
Bata o creme de leite com o açúcar até o ponto de chantilly. Adicione a manteiga de amendoim e incorpore delicadamente.
Decore os cupcakes com essa mistura, usando o bico de confeiteiro.
Esfarele algumas paçocas e polvilhe sobre a cobertura, se desejar.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Shaker Lemon Pie



Olá!
Depois de uma sumidinha básica, estou de volta!rs E como essa receita dá muito pano pra manga, vamos direto para ela:
A Shaker Lemon Pie é uma torta americana cujo recheio é composto de três ingredientes básicos: limão, açúcar e ovos. A receita original é feita com o Lemon Meyer, um tipo de limão bem amarelo e doce, muito comum na Flórida. Por aqui [em São Carlos, pelo menos] não se encontra esse tipo de limão, então resolvi fazer com o Siciliano mesmo. Como ele é mais azedo, tive que compensar com um pouco mais de açúcar na maceração. Aliás, a maceração do limão com o açúcar é fundamental para que o recheio não fique amargo. E antes disso: é muito importante retirar a parte branca que envolve os gomos dos limões, e fatiá-los “da espessura de papel” – o mais fino possivel. Os americanos usam técnicas como fatiar o limão congelado, ou usar um tipo de ralador chamado Mandolina para conseguir as fatias ideais.
Sobre a maceração, as fatias de limão [sem casca, parte branca ou sementes] devem sem misturadas ao açúcar e reservadas em pote tapado, por 12 ou 24 horas, mexendo de vez em quando. Um bom modo de saber se o tempo já foi suficiente é provar uma fatiazinha, que não deve estar amarga.
Eu descobri alguns truques que podem ajudara a tirar o amargor: deixar as fatias, antes de adicionar o açúcar, de molho em água, trocando de vez em quando, por uma noite. No dia seguinte, escorrer e adicionar o açúcar, deixando macerar por mais uma noite. Outro truque legal, para pular o tempo de maceração e evitar o sabor amargo, é espremer os limões descascados, reservar o suco, cozinhar as fatias com um pouco de água, escorrer e seguir os outros passos do recheio, adicionando o suco e as fatias cozidas ao açúcar. Não tentei, mas se alguém já tentou, please, me conta!

O resultado dessa história toda de doces, azedos e amargos, é uma torta crocante, com um recheio cremoso e azedinho – lembra a textura do Lemon Curd – e com pedacinhos da polpa do limão. Ideal para acompanhar sorvete de creme!




Shaker Lemon Pie
[retirada daqui]

Para a massa:
Usei uma receita dessa massa básica para tortas.
1 ovo batido, para pincelar;
Açúcar cristal, para polvilhar.

Para o recheio:
2 limões amarelos [usei Siciliano, mas o mais indicado é o Meyer];
2 xícaras de açúcar [usei 2 e ¾ xícaras, para compensar o limão mais azedo];
¼ de colher de chá de sal;
4 ovos batidos;
4 colheres de sopa manteiga derretida;
3 colheres de sopa de farinha de trigo;
2 colheres de sopa de creme de leite fresco [opcional].

Começe com 24 horas de antecedência:
Lave e seque bem os limões. Rale a parte amarela da casca e reserve. Retire toda a parte branca que envolve a polpa dos limões. Usando um fatiador ou uma faca bem afiada [ou ainda o truque de congelar o limão antes de fatiar] fatie os limões o mais fino possível, e retire as sementes. Coloque as fatias em uma tigela ou pote de vidro ou metal, adicione o açúcar e as raspas, misture bem, cubra e deixe macerar, mexendo de vez em quando, por 24 horas, em temperatura ambiente.

Prepare a massa:
Abra metade da massa com um rolo e cubra o fundo e as laterais de uma fôrma para tortas de 22cm de diâmetro. Reserve na geladeira.

Preparo do recheio e montagem:
Bata bem os ovos, com um fouet. Adicione a manteiga derretida, o creme de leite e a farinha, mexendo até ficar homogêneo. Incorpore a mistura de limões e açúcar.
Recheie a torta com esse creme.
Abra o restante da massa, cubra a torta, fechando bem nas laterais, e pincele com o ovo batido. Faça uns cortes sobre a massa, para o vapor escapar enquanto a torta assa. Polvilhe um pouco de açúcar e leve a torta ao forno, preaquecido a 200 graus, por 30 minutos. Abaixe o fogo para 180 graus [cubra a torta com papel alumínio, se a superfície já estiver bastante dourada] e asse por mais 20 minutos.
Deixe esfriar completamente e sirva em temperatura ambiente. Conserve na geladeira.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Tatin de Ameixas



Olá!
Poxa, estava com saudade de cozinhar! Semana passada choveu e esfriou bastante por aqui, e com aquele céu branco e cinza não adiantava preparar nada, porque as fotos ficariam frias e não-apetitosas. Mas nesse fim de semana o sol voltou e eu corri pra cozinha. Resultado: no sábado de manhã, quando as meninas acordaram, a casa já estava cheirando a torta saída do forno.
Sorte ter feito essa torta logo cedo, porque logo depois do almoço recebi uma visita [a Vanessa!] que trazia um livro de receitas maravilhoso [vou falar bastante dele, nos próximos posts], presente da minha amiga [a Maits!!], que mora looonge longe. E claro que um pedaço de torta foi meu modo de agradecer, né? Agora preciso preparar umas coisinhas e levar pra Maits, lá em Araçatuba ;)

Sobre a torta, fica a dica: experimente uma fatia, ainda morna, com creme de leite batido em chantilly. Não tem coisa melhor! 


Tarte Tatin de Ameixa
[receita adaptada daqui]

Para a massa: 
Tem quem defenda a Tatin de massa folhada com unhas e dentes. Eu prefiro com massa de torta mesmo, quebradiça e farelenta - faço a mesma receita da massa dessa torta aqui. Mas se você preferir, pode usar a folhada comprada pronta.

Para o recheio:
1 xícara de açúcar;
1/2 xícara [100g] de manteiga;
500g de ameixas - usei da preta - lavadas, sem caroço e partidas em quatro.

Preparo:
Abra a massa sobre uma superfície limpa e enfarinhada até conseguir um diâmentro de 25cm. Reserve.
Você pode preparar essa receita em uma frigideira que vai ao forno ou fazer a calda em uma panela e levar ao forno em uma fôrma normal, de 20cm de diâmetro. Eu preparei em uma fôrma.
Comece levando o açúcar e a manteiga ao fogo médio, mexendo até derreter. Retire do fogo quando começar a caramelizar [cuidado, pois nesse ponto  calda pode queimar rapidamente]. 
Derrame imediatamente a calda sobre o fundo de uma fôrma para tortas levemente untada com manteiga [caso você estiver preparando a receita em uma frigideira que vai ao forno, ignore esse passo]. Sobre a calda distribua as fatias de ameixa, uma bem ao lado da outra, formando um desenho de círculos concêntricos.
Cubra com o disco de massa, dobrando as bordas para dentro. Faça um pequeno corte em cruz central, para o vapor escapar. 
Leve ao forno preaquecido a 180 graus por 25 minutos. Retire, e desenforme sobre um prato de servir. Cuidado com a calda!
Sirva ainda quente, acompanhada de creme chantilly ou sorvete de baunilha.